• Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
  1. Home
  2. Bem estar
  3. A fé em momentos de crise

Bem estar

A fé em momentos de crise

Há uma bela lenda dos índios Cherokee sobre o seu ritual de passagem. No rito, o pai leva o filho para a floresta, coloca uma venda nos seus olhos e o deixa lá, sozinho. O jovem deve permanecer sentado em um tronco a noite toda, sem remover a venda até que os raios do sol o avisem que é de manhã. Ele não pode e não deve pedir ajuda a ninguém. Se ele sobreviver à noite, sem se desmoronar, será um homem. Não pode contar a sua experiência aos amigos ou a ninguém, porque cada jovem tem que se tornar um homem sozinho. O jovem está claramente aterrorizado. Ele ouve muitos barulhos estranhos ao seu redor. Certamente existem animais ferozes a sua volta. Talvez até homens perigosos que o machuquem. O vento sopra forte, balançando as árvores, mas ele continua corajosamente, sem tirar a venda dos olhos. Afinal, é a única maneira de se tornar um homem!

Finalmente, depois de uma noite assustadora, o sol nasce e ele tira a venda dos olhos. E é nesse momento que ele percebe que o pai está sentado no tronco, ao lado dele. Esteve de guarda durante toda a noite, protegendo o filho de qualquer perigo. O pai estava lá, embora o filho não soubesse. 

Viver é perigoso, já dizia o grande escritor mineiro Guimarães Rosa. Ameaças, perigos, catástrofes, doenças inesperadas...A vida humana é frágil, vulnerável e finita. E diante de tudo isso, manter-se psicologicamente saudável é o grande objetivo. E essa não é uma tarefa fácil. 

Sabemos perfeitamente, que em dias sombrios como os que estamos vivendo atualmente, o medo se torna nosso companheiro constante. O desespero muitas vezes se faz presente. Cansados, somos envolvidos pelos nossos pensamentos e sentimentos. Infelizmente, por vezes, não vemos saída. 

No entanto, para aqueles que nesses momentos de crise possuem uma fé em algo além do concreto, essas pessoas acabam se fortalecendo para esse enfrentamento. Inúmeros estudos comprovam os benefícios da fé, nesses momentos de crise, no reestabelecimento da saúde física e psicológica.

Experienciar a dor, nos faz crescer. E em meio ao caos, acreditar-se amparado por uma força maior, isso nos fortalece. Não uma fé cega, que aceita tudo sem compreender e questionar, baseando-se na intolerância, mas uma fé raciocinada, usando a razão e a crítica para formar dentro de si uma fé inabalável. É justamente essa fé que move montanhas.  E assim, somos impulsionados rumo a nós mesmos. O sagrado, o divino que nos habita se faz presente.

Portanto, diante de toda essa pandemia, o que nos cabe, enquanto seres conscientes é fazer a nossa parte. Tomar os devidos cuidados e seguir todas as orientações dos órgãos competentes. Do resto; esperar, confiar e acreditar que algo além da nossa compreensão está no comando e logo tudo isso vai passar. E se bem aproveitarmos, sairemos muito mais inteiros, muito mais humanos. 

"Não posso provar a você que Deus existe, mas meu trabalho provou empiricamente que o “padrão de Deus” existe em cada homem, e que esse padrão é a maior energia transformadora de que a vida é capaz de dispor ao indivíduo. Encontre esse padrão em você mesmo e a sua vida será transformada.” Carl Gustav Jung

Psicólogo Juliano G. Cechinel

Contato: (51) 994640131

 

 

Balneário Gaivota registra oitavo caso de covid-19 Próximo

Balneário Gaivota registra oitavo caso de covid-19

Prefeitura autoriza nova sanitização no Município Anterior

Prefeitura autoriza nova sanitização no Município

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.