• Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
  1. Home
  2. Bem estar
  3. Saúde mental em tempos de pandemia

Bem estar

Saúde mental em tempos de pandemia

Vivemos tempos difíceis. Diante dessa pandemia, o medo e o desespero muitas vezes nos acompanham. É natural e inevitável que isso aconteça. E diante dessa dura realidade, não nos resta outra opção, que não seja o isolamento. Seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).  Fazendo assim, enquanto seres conscientes e inteligentes que somos, a nossa parte.

No entanto, é natural que esse cenário de isolamento leve algumas pessoas a níveis elevados de estresse, ansiedade, solidão, frustração, tédio ou irritação, cujos efeitos podem durar até mesmo depois do confinamento.

O objetivo é tentar manter-se o mais tranquilo possível, ocupado e conectado com os entes queridos. Criando uma rotina diária e aproveitando para fazer as coisas que nos fazem bem, mas que geralmente, por falta de tempo, não podíamos fazer antes. Seja ler um livro, assistir filmes ou séries, escrever, pintar, cuidar do jardim, brincar, meditar...

Evitar ficar tempo demasiado nos noticiários, é algo que precisamos fazer. Pois o excesso de informação, potencializa a nossa ansiedade. Tomando sempre o devido cuidado com informações falsas e a não propagação delas. Que possamos fazer exercícios físicos sempre que possível, adaptando ao espaço disponível da casa. Pois isso, muito contribuirá no controle das nossas emoções.

 Durante esse período difícil, busquemos também estreitar os laços com pessoas queridas: avós, tios amigos...Seja através de ligações, mensagens ou chamadas de vídeos. O confinamento tem o poder de aflorar sentimentos de abandono e rejeição. Portanto, é muito importante buscar estar conectado com aqueles que amamos.

É um período extremamente difícil, delicado onde certamente todos nós seremos impactados com as consequências desse momento. Seja o pavor pelas contas a pagar, o medo da morte, a solidão... Que possam encontrar um sentido em toda essa adversidade. Como assim fez, o psiquiatra austríaco Victor Franckl. Diante de sua experiência dolorosa nos campos de concentração nazista, encontrou um sentido em tal vivência e assim sobreviveu e se fortaleceu para lidar com o inevitável. Venceu a si mesmo, mesmo com as marcas do holocausto. Ajudando milhares de pessoas a fazer o mesmo caminho. Façamos o mesmo. Encontremos um sentido em toda essa adversidade. E se sentirmos que nossos níveis de ansiedade estiverem muito elevados, não excitemos em buscar ajudar profissional. A terapia online é uma possibilidade para cuidarmos da sua saúde mental e assim evitarmos a exposição. Lembrando sempre, que tudo isso que estamos vivenciando é passageiro e logo a vida seguirá seu fluxo natural.

Quando a situação for boa, desfrute-a. Quando a situação for ruim, transforme-a. Quando a situação não puder ser transformada, transforme-se. Victor Franckl

Psicólogo Juliano G. Cechinel

CRP: 07/30961

Fone: (51) 994640131

Foto: kjpargeter | freepik.com

Quarentena e compras conscientes Anterior

Quarentena e compras conscientes

Forquilhinha prorroga os vencimentos dos tributos municipais Próximo

Forquilhinha prorroga os vencimentos dos tributos municipais

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.