• Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Antes da neve, ventos de mais de 100 km/h atingem Santa Catarina com ciclone; veja detalhes

Geral

Antes da neve, ventos de mais de 100 km/h atingem Santa Catarina com ciclone; veja detalhes

Rajadas mais intensas serão observadas no Planalto Sul, Litoral Sul, Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

A próxima semana será marcada pelo frio intenso e existe até chance de neve em Santa Catarina. Contudo, antes do tempo frio, o Estado irá enfrentar ventos fortes com rajadas que podem superar os 100 km/h, de acordo com a previsão da Defesa Civil estadual.

A condição é causada por um ciclone que se aproxima da costa catarinense na noite de segunda-feira (16), provocando vento forte do Meio-Oeste até o Litoral.

As rajadas mais intensas serão observadas no Planalto Sul, Litoral Sul, Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis. Essas regiões têm risco moderado a alto para ocorrências associadas aos ventos fortes.

A partir da quinta-feira (19), o ciclone se afasta para alto mar diminuindo a intensidade do vento e favorecendo o deslocamento de ondas altas em todo o Litoral de SC, deixando o mar muito agitado e com risco para ressaca.

O frio provocado por um sistema de alta pressão, que é uma massa de ar seco e frio de origem polar, combinado ao vento forte, favorece a sensação de frio ainda maior, inclusive nas tardes e em todas as regiões do Estado.

As mínimas podem chegar aos -4°C e há possibilidade de ocorrência de neve. “Será uma semana bem fria. Congelante mesmo. Até o momento é a massa de ar fria mais intensa do ano”, explicou.

Entre terça-feira (17) e quarta-feira (18), a neve poderá ser registrada, pois é esperada elevada umidade na região, associada a um ciclone extratropical entre o Litoral do Uruguai e o Rio Grande do Sul, e temperaturas baixas de -1°C a 5°C. A combinação favorece a ocorrência do fenômeno.

Regiões que podem registrar o fenômeno

O meteorologista Piter Scheuer afirma que pode nevar no Morro da Igreja, Cruzeiro, Distrito das Vacas Gordas e Urubici. Além destes locais, o interior de São Joaquim também pode registrar o fenômeno.

O profissional faz um alerta: “É importante ressaltar que essas são projeções numéricas que podem variar conforme o tempo. Ao longo dos próximos dias essas condições vão se confirmando ou não se vai ter condições para ocorrência de neve”, explicou.

Com ou sem neve, Scheuer afirmou que os catarinenses podem aguardar por dias mais gelados e com sol na próxima semana.

De acordo com a Defesa Civil estadual, as temperaturas só devem voltar a subir após o dia 22 de maio, quando a massa de ar seco e frio começa a perder força e a se afastar de Santa Catarina.

Fonte: ND Mais 

HEMOSC organiza doação de sangue em Araranguá em parceria com Instituto Mix e Lions Clube Próximo

HEMOSC organiza doação de sangue em Araranguá em parceria com Instituto Mix e Lions Clube

SAMAE intensifica atendimentos, procedimentos e vistorias Anterior

SAMAE intensifica atendimentos, procedimentos e vistorias

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.