• Sexta-feira, 01 de Julho de 2022
  1. Home
  2. Política
  3. César Cesa distribui 8 mil kits escolares

Política

César Cesa distribui 8 mil kits escolares

Prefeito de Araranguá, César Cesa (MDB), começou a distribuição de 8 mil kits escolares para a Rede Municipal de Ensino. Literalmente, todos os alunos sob responsabilidade da prefeitura, desde o ensino infantil, a partir de zero ano de idade, até o EJA, projeto de ensino voltado para educação jovens e adultos que não conseguiram completar seus estudos de forma regular. Os kits são adaptados para a realidade de cada grupo escolar. A primeira unidade escolar a receber o material foi o Centro de Educação Infantil Primeiros Passos, localizada no bairro Coloninha. De acordo com César Cesa, o material é um estímulo a boa educação, e reforça a autoestima daqueles que o recebem. Além dos kits, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, também distribuiu uniformes escolares para os alunos da rede municipal.

Geovânia cotada para o Senado na chapa de Moisés

No intuito de trazer o PSDB para sua chapa majoritária, governador Carlos Moisés da Silva (Rep) escalou emissários para conversar com o grupo político da deputada federal Geovânia de Sá, que é filiada ao partido. Num primeiro momento, a intenção é abrir espaço para que ela concorra ao Senado, dentro de uma coligação que, hipoteticamente, teria Carlos Moisés como candidato ao governo e um líder do MDB concorrendo como seu vice. Há também especulações paralelas dando conta que Geovânia poderia até mesmo concorrer como vice de Carlos Moisés, mas o tema tem pouca densidade, já que as bases do MDB dificilmente aceitariam abrir mão, no mínimo, desta pretensão. Na prática, se o MDB ficasse sem a possibilidade de indicar o candidato vice de Carlos Moisés, o grupo político de Antídio Lunelli, que é o pré-candidato oficial do partido ao Governo do Estado, ganharia força, o que poderia afastar a legenda do atual governador.

Geovânia ganhou peso dentro da discussão majoritária que envolve o grupo do governador por conta das diversas manifestações de apoio de lideranças tucanas do Sul do Estado a Carlos Moisés. Nesta semana, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), disse que a permanência de Carlos Moisés no governo faria bem para Santa Catarina. Aqui no Extremo Sul, tanto o prefeito de Balneário Gaivota, Kekinha dos Santos, quanto o de Santa Rosa do Sul, Almides da Rosa, ambos filiados ao PSDB, também já declararam apoio ao projeto de reeleição do governador. Na Assembleia Legislativa o PSDB também tem simpatia pelo nome de Carlos Moisés. Trata-se de um cenário pronto, e que ajudaria o MDB que defende o governador a se fortalecer dentro do mesmo projeto. Sempre é bom lembrar que MDB e PSDB já disputaram várias eleições juntos em Santa Catarina. Ressalte-se, também, que num passado não tão distante, Carlos Moisés era cargo de confiança em gestões do MDB, e que seu principal articulador político, Lucas Esmeraldino, era vereador pelo PSDB de Tubarão.

A deputada, no entanto, tem os seus receios, e com razão. Seu projeto de reeleição está muito bem encaminhado. Somente uma hecatombe política para lhe tirar um novo mandato. Já uma disputa majoritária, seja para qual cargo for, é uma loteria, ainda mais diante de um cenário totalmente tumultuado como é o vivenciado atualmente em Santa Catarina. Instigada a refletir sobre a mudança em seu plano de voo, Geovânia diz que vai consultar as bases. As bases, por óbvio, têm os mesmos receios dela.

Jorginho Mello estará domingo e segunda na região

Senador Jorginho Mello, que é pré-candidato ao Governo do Estado pelo PL, estará em Araranguá no domingo, 15, onde se reúne, a partir das 17h, com lideranças do partido de toda a região, para discutir o cenário político de 2022. De acordo com o coordenador regional do PL, André Fernandes, o senador manterá contatos político em nossa região também na segunda-feira. Jorginho tem trabalhado na composição de um grupo político de centro-direita, que, em princípio, terá PL, PTB e Patriotas. Há, no entanto, negociações com outras legendas, e não é descartada, nem mesmo, uma dobradinha entre PL e Progressistas na disputa pelo Governo do Estado, ainda que esta hipótese seja cada vez mais remota. Por ora, o que há de concreto no PL é a candidatura do próprio Jorginho ao governo, e a do empresário Jorge Seif ao Senado Federal, nome este bancado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Na reunião de domingo também deverá ser discutida a situação que envolve o lançamento de um candidato do PL de nossa região à Assembleia Legislativa.

 Golpe do emprego: 75,5% dos entrevistados já foram enganados com falsas vagas; veja dicas Próximo

Golpe do emprego: 75,5% dos entrevistados já foram enganados com falsas vagas; veja dicas

SC terá semana mais fria do ano com mínimas de -4°C e chance de neve Anterior

SC terá semana mais fria do ano com mínimas de -4°C e chance de neve

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.