• Sábado, 30 de Maio de 2020
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Chegada do Hospital da Unimed e Cidade Universitária dependem dos Vereadores de Araranguá

Imprensa livre

Chegada do Hospital da Unimed e Cidade Universitária dependem dos Vereadores de Araranguá

Projeto que dará definição para a temática vai para votação nesta próxima semana

Durante a sessão dessa quarta-feira à noite, o líder do governo na Câmara Municipal, vereador José Márcio Scarssanela, popular Márcio Tubinho (PP) fez um apelo aos colegas para que avaliem o Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 07/2020017, que dispõe sobre alterações no mapa de zoneamento urbano. As adequações no PLC já foram aprovadas pelo Conselho Municipal da Cidade e repassadas à Secretaria Municipal de Planejamento Indústria e Comércio.

Ele também solicitou que os legisladores avaliem o conteúdo dessa proposta e que à Mesa Diretora da Câmara de Araranguá inclua o tema na pauta de votações da última sessão de maio, prevista para segunda-feira, dia 25, a partir das 18h. “A referida matéria reflete diretamente sobre o projeto de construção do Hospital da Unimed em Araranguá, uma obra importante para município e região”, justificou.

HOSPITAL UNIMED

O projeto da Unimed é implantar o hospital as margens do antigo traçado da BR-101, imediações do Km 416, na Alameda Ascendino Moraes de Sá (em frente à Contempla Engenharia e Empreendimentos). 
Ao apresentar o planejamento da obra, logo após ocorrer aprovação na assembleia geral da entidade, ainda em fevereiro, o médico do corpo clínico e diretor administrativo do Hospital da Unimed em Criciúma, Dr. Leandro Avany Nunes, destacou que a unidade será referência no setor: “O novo hospital estará habilitado e capacitado para atender toda a Amesc e levará mais tecnologia e infraestrutura para a saúde da região. As obras serão feitas pela Contrutora Carlessi. No primeiro momento, a estrutura modular abrangerá três mil metros, mas deixaremos em aberto a possibilidade de posteriormente duplicar esse espaço físico”.

Já o diretor operacional da Unimed Araranguá, médico Eloir Ribeiro ponderou que a cooperativa médica atua em Araranguá há mais de três anos e o novo empreendimento preencherá uma lacuna. Lembrou que a Cidade das Avenidas possui o Hospital Regional de Araranguá, cujos atendimentos são exclusivamente via Sistema Única de Saúde (SUS) “Estamos cuidando da parte burocrática. A estimativa é que as obras iniciem em agosto. Temos dois anos para conclusão, então a perspectiva é que entre o final de 2022 e início de 2023, o Hospital Unimed já esteja pronto e em funcionamento”.
A unidade hospitalar abrangerá três salas cirúrgicas, uma especializada em obstetrícia, 20 leitos de Internação (cirúrgica, clínica e maternidade), bem como hospital dia com dez leitos e centro de parto normal; ambulatório com quatro consultórios indiferenciados e dois consultórios diferenciados, centro de medicina diagnóstica com raio-X, tomografia, ultrassonografia e endoscopia digestiva, além de um posto de coleta para análises clínicas.

OUTROS EMPREENDIMENTOS

Além da obra do hospital da Unimed, o projeto de lei complementar que tramita na Câmara de Vereadores vai impactar sobre outros dois locais. 
Um deles é o Bairro Cidade Universitária, obra executada pela empresa Weber Empreendimentos, que já está em estágio de conclusão e poderá ser expandido. Esse espaço urbano, situado junto ao Bairro Santa Catarina, possui um conceito inovador, abrigando tratamento de esgoto próprio ciclofaixa, acesso facilitado às quadras de moradia, universidades, comércio local (incluindo estabelecimentos como posto de gasolina, farmácia, bancos, supermercado).
A outra obra que será suscetibilizada pela alteração – caso ocorra - é o empreendimento, ainda em fase de implantação, situado na comunidade de Lagoa da Serra, às margens da Rodovia Municipal Valmiro Manoel Gonçalves, popular ARA-227, próximo ao centro esportivo e de lazer Boleiros Beer (apenas ponto de referência).

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.