• Terça-feira, 17 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Frota de veículos em Santa Catarina chega a 5,6 milhões

Geral

Frota de veículos em Santa Catarina chega a 5,6 milhões

Joinville e Florianópolis têm a maioria da frota. Utilitários lideram número de emplacamento no Detran do Estado.

O catarinense a cada dia tem a sensação de que o número de veículos circulando pelas ruas se multiplica. Dados do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Santa Catarina corroboram essa tese. No último ano, a frota registrada no Estado teve um aumento de 3,24%, passando de 5,4 milhões em 2020 para 5,6 milhões no fechamento de 2021.

Se comparado com 2017, quando a frota era de 4,8 milhões, o crescimento é de 15,5%. Ou seja, são mais 753.917 veículos rodando pelos 295 municípios catarinenses nos últimos cinco anos!

O maior crescimento de registros no Detran catarinense foi de veículos utilitários. Foram comercializados 15.841 novos veículos deste tipo em comparação com 2020. Um aumento de 18,9%.

Quase o dobro do segundo colocado, o reboque de caminhão com 12.470, um crescimento de 9,95%. Santa Catarina também registrou aumento nos registros de caminhões com 4.535 a mais (2,87%), 21.129 motocicletas (2,47%) e 61.997 novos automóveis em circulação (2,01%).

Segundo explicação do especialista em trânsito Emerson Andrade, o crescimento nas vendas de utilitários está associado a facilidade de acesso a financiamento para substituição da frota combinado com a expectativa de mercado aquecido nas vendas individuais, aquelas feitas por meio da internet.

Segundo ele, a outra possibilidade também está relacionada a facilidade destes veículos circularem dentro das cidades. “Cada vez mais os centros urbanos vêm restringindo a circulação de veículos de grande porte em determinadas áreas, e aí aumenta a procura por veículos de cargas menores”, frisou.

As maiores frotas

O crescimento da frota da Capital foi menos expressivo, 1,55% no último ano comparado a 2020. Foram 374.544 no ano passado contra 368.794 do ano anterior. Em Florianópolis foram registrados apenas 5.750 veículos em 2021.

A maior frota de veículos do Estado está em Joinville com 442.971, o que equivale a 7,91% dos veículos registrados em Santa Catarina. A cidade registrou um crescimento de 2,77% da frota em comparação com o ano passado.

Além de Joinville e Florianópolis, as maiores frotas estão em Blumenau (277.449), Chapecó (193.613) e Itajaí (189.439). As menores frotas estão em Painel (1.197), Macieira (1.153), Santiago do Sul (1.128), Lajeado Grande (1.100) e Paial (1.044).

Poder aquisitivo e falha no sistema de transporte público

Para Emerson Andrade, há alguns apontamentos para esse número expressivo de veículos registrados em Santa Catarina, tendo em vista uma população de aproximadamente 7,5 milhões.

Uma é o poder aquisitivo do catarinense que dá condições para aquisições de veículos e a outra é a falta de um sistema de transporte coletivo integrado e de qualidade. “Isso leva as pessoas a adquirirem seu próprio meio de transporte”, avaliou.

Andrade disse entender que a quantidade de veículo no Estado não pode ser considerada grande. Ele, porém, ressalta que esse crescimento reflete diretamente ou indiretamente no bolso dos catarinenses, devido as rodovias sucateadas e estranguladas.

“Seja pela falta de escoamento das nossas riquezas, seja pelo alto índice de acidentes de trânsito”, observou. “Com essa quantidade de veículos registrados em Santa Catarina associado aos nossos visitantes ou ainda aqueles que estão de passagem pelo nosso Estado, resulta nesse trânsito caótico. Reflexo de uma gestão pública sem compromisso com a mobilidade urbana”, avaliou.

Veja o tamanho da frota catarinense:

  • 3.131.494 automóveis
  • 873.837 motocicletas
  • 396.519 caminhonetes
  • 299.906 camionetas
  • 290.033 motonetas

Os números do crescimento em comparação com 2020:

15.841 – novos utilitários – 18.9%

12.470 – novos reboques – 9.95%

4.535 – novos caminhões – 2.87%

21.129 – novas motocicletas – 2.47%

61.997 – novos automóveis – 2.01%

Fonte: ND Mais 

Inflação dispara 10,06% em 2021, maior alta em seis anos Próximo

Inflação dispara 10,06% em 2021, maior alta em seis anos

Jovem é morto a tiros em Santa Rosa do Sul Anterior

Jovem é morto a tiros em Santa Rosa do Sul

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.