• Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Judiciário destina quase R$ 350 mil para municípios do Sul na luta contra o Covid-19

Imprensa livre

Judiciário destina quase R$ 350 mil para municípios do Sul na luta contra o Covid-19

Mais doze cidades do sul catarinense foram beneficiadas com a destinação de verbas de penas pecuniárias para uso no combate e prevenção ao coronavírus e o valor, ao todo, ultrapassa R$ 347 mil. Os valores foram repassados pelas comarcas de Armazém, Criciúma, Imaruí, Imbituba, Meleiro e Orleans. 

Em Criciúma, a destinação foi feita pela Vara de Execuções Penais da comarca, sob titularidade da juíza Débora Driwin Rieger Zanini, que determinou o repasse R$ 60 mil para os quatro municípios de sua abrangência. Criciúma, cidade-sede da comarca, receberá R$ 30 mil, Nova Veneza e Siderópolis, R$ 12 mil cada cidade e Treviso, R$ 6 mil. A divisão percentual dos valores está de acordo com a população de cada cidade, proporcionalmente.

Na comarca de Orleans, a juíza Bruna Canella Becker Búrigo da 2ª Vara da comarca, determinou a destinação de R$ 20 mil para a Fundação Hospitalar Santa Otília, para a aquisição exclusiva de materiais e equipamentos médicos, bem como remédios, alimentos e insumos necessários ao hospital no período de combate ao coronavírus.

A comarca de Armazém destinou mais de R$ 90 mil para os três municípios de sua abrangência. Serão recebidos pela secretaria municipal de saúde do município de Armazém o valor de R$ 15 mil, pelo Hospital Santo Antônio, de Armazém, R$ 23,5 mil, pela secretaria municipal de saúde do município de Gravatal, R$ 35 mil e a pela Fundação Médico Social Rural, de São Martinho, R$ 18 mil.

O juízo da comarca de Meleiro destinou quase R$ 43 mil para as o município-sede da comarca e para a cidade de Morro Grande, na proporção de 50% para cada secretaria municipal de saúde.

Em Imaruí, foram destinados pela comarca da cidade mais de R$ 32 mil para o fundo municipal de saúde.

Já na comarca de Imbituba, foi autorizado, pela 2ª Vara da comarca, o repasse de R$ 100 mil para a aquisição de materiais, equipamentos médicos e adoção de medidas necessárias ao combate do covid-19.

Todos os recursos, autorizados pelos respectivos juízes e que tiveram o aval do Ministério Público, são oriundos do cumprimento de pena de prestação pecuniária, da transação penal e da suspensão condicional do processo nas ações criminais de menor potencial ofensivo.

SC tem 27 municípios em estado crítico de abastecimento de água por causa da estiagem Anterior

SC tem 27 municípios em estado crítico de abastecimento de água por causa da estiagem

Em caso de violência doméstica, Justiça catarinense concede medida protetiva online Próximo

Em caso de violência doméstica, Justiça catarinense concede medida protetiva online

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.