• Sábado, 21 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Onda de calor é a maior já registrada no centro da América do Sul; entenda

Geral

Onda de calor é a maior já registrada no centro da América do Sul; entenda

Essa onda de calor transforma as áreas atingidas nas mais quentes do planeta.

A nova onda de calor ingressa na sua fase mais extrema no Centro da América do Sul a partir desta quinta-feira (13) com expectativa de novos recordes de máximas na Argentina, Uruguai e no Brasil, mais precisamente nos estados do Rio Grande do Sul e em parte de Santa Catarina.

Em outros lugares do planeta o dia já amanheceu com a maior temperatura da sua história. Na Austrália foi registrado 50,7°C. A marca de 50,7ºC é ainda a maior para o Hemisfério Sul em todos os tempos e a mais alta no planeta em janeiro.

Onda de calor atinge SC e RS

Em Santa Catarina as altas temperaturas estão presentes em todo o Estado, ultrapassando os 35ºC e podem causar temporais em alguns lugares.

A Defesa Civil de SC alertou para que a população fique atenta à essa mudança. Nas cidades do Oeste catarinense que fazem divisa com o Rio Grande do Sul, as máximas podem ultrapassar os 38ºC.

Entre os Planaltos, Vale do Itajaí e Litoral Sul, a previsão é de 32ºC. Na sexta-feira (14) o clima quente pode chegar aos 40ºC e essa temperatura deve persistir até a próxima quarta-feira (19).

No Rio Grande do Sul o alerta da Defesa Civil local pede cuidado à população. Nesta área do país as previsões do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também indicam a permanência do tempo muito seco e temperaturas elevadas.

As temperaturas variam em todo o Estado, entre 35º e até podem passar dos 40ºC, nas cidade do interior. Confira o alerta aqui.

Alerta para temporais

Além do calor extremo, um aviso de tempestades requer a atenção da população. Chuva forte, granizo e ventania podem se fazer presentes em alguns locais do Estado.

Segundo o meteorologista Piter Scheuer, durante o fim de semana , a possibilidade de tempestades não está descartada.

“Entre a sexta-feira (14), sábado (15), domingo (16) e a aproxima semana devido ao intenso calor associado à alta disponibilidade de umidade na baixa atmosfera e os elevados índices de instabilidades, causam ele alerta”, explica Scheuer.

Países vizinhos também podem chegar aos 50ºC

Muitas cidades da Argentina, Paraguai, Uruguai e Centro Oeste do Rio Grande do Sul, podem atingir pontuais de 45/48ºC.

Várias províncias da Argentina estão em alerta vermelho pelo calor extremo. Em aviso, o SMN (Serviço Meteorológico Nacional) advertiu para condições “muito perigosas” para a saúde em consequência da onda de calor extremo que já trouxe quase 45ºC no país e marcas históricas de temperatura.

Inumet (Instituto Uruguaio de Meteorologia) também emitiu um aviso para atenção ao calor extremo. A população também foi orientada a beber muita água e evitar ficar na rua, expostas ao sol. Confira o aviso completo aqui.

Fonte: ND Mais 

Em alta Próximo

Em alta

Indivíduos não vacinados são 95% das mortes Anterior

Indivíduos não vacinados são 95% das mortes

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.