• Sábado, 21 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Site dos Correios é alvo de ataque hacker; autores são os mesmos que invadiram o ConecteSUS

Geral

Site dos Correios é alvo de ataque hacker; autores são os mesmos que invadiram o ConecteSUS

Em mensagem deixada pelos hackers, havia um pedido de resgate pelas informações armazenadas. Correios diz que "não há indício de perda de informação ou sequestro de dados".

Quem tenta rastrear as entregas feitas pelos Correios tem encontrado dificuldades nesta quinta-feira (23). Um  grupo de hackers que se autodenomina Lapsus$ assumiu a autoria do ataque. Por conta disso, a plataforma e o aplicativo do órgão apresentam instabilidade.

Este é o mesmo grupo criminoso que atacou o site do Ministério da Saúde e derrubou a plataforma ConecteSUS do Ministério da Saúde no início de dezembro.

“Anunciamos um ataque cibernético contra o CORREIOS.com.br. Os serviços estão atualmente offline! Mais informações em breve”, diz a mensagem publicada pelo grupo no Telegram.

Em nota, os Correios confirmaram que a plataforma está instável. Também apontaram que “não há qualquer indício de perda de informação ou sequestro de dados. Os Correios reafirmam a segurança e a integridade dos dados e de seus sistemas de informação, essenciais para a prestação de serviços aos nossos clientes”.

Em outro trecho, a estatal afirma: “já voltamos a operar com quase toda a capacidade. As equipes técnicas estão atuando para normalização integral, no menor tempo possível”. No entanto, não houve confirmação de que a instabilidade foi provocada por um ataque criminoso.

Pedido de resgate

Em mensagem deixada pelos hackers, havia um pedido de resgate pelas informações armazenadas – um tipo de ataque denominado ransomware, em que o invasor insere em um sistema um código malicioso que torna inacessíveis os dados desse sistema, geralmente por meio de criptografia.

O grupo Lapsus$ também reivindicou a autoria dos ataques cibernéticos ao Ministério da Saúde, Polícia Federal, ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e Ministério da Economia.

A assessoria de imprensa dos Correios disse que investiga a origem da instabilidade no site, mas não confirmou o ataque dos hackers. De acordo com a assessoria, não houve sequestro de dados nem perda de informações.

Fonte: R7

Em alta Próximo

Em alta

Container adquirido: novo posto da PM é inaugurado Anterior

Container adquirido: novo posto da PM é inaugurado

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.