• Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Geral
  3. Taxas do Detran/SC têm reajuste de 10,74 por cento

Geral

Taxas do Detran/SC têm reajuste de 10,74 por cento

Secretaria da Fazenda informou que os reajustes são anuais, acompanhando os índices inflacionários

Em decreto assinado pelo governador Carlos Moisés (sem partido), as taxas de dois serviços do Detran/SC (Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Santa Catarina) foram reajustadas em 10,74%. A medida está na edição de quarta-feira (19) do DOE (Diário Oficial do Estado).

Segundo a Secretaria da Fazenda, os valores foram reajustados, como ocorre todo ano, conforme a inflação oficial, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), entre dezembro de 2020 e novembro de 2021.

Por meio do decreto, o governo aumentou a cobrança da transferência eletrônica por meio do CRV-e (Certificado de Registro de Veículo Eletrônico) para veículos em estoque, entre concessionárias de veículos, revendedoras e afins de R$ 35 para R$ 38,76. Já o cancelamento de gravame subiu de R$ 355,19 para R$ 393,34. 

O primeiro reajuste está relacionado à adesão do Detran/SC ao Renave (Registro Nacional de Veículos em Estoque). No entendimento do órgão, o sistema ajuda a modernizar a compra, venda e gestão de estoque de veículos automotores. A taxa é aplicada nas transferências de veículos entre concessionárias e revendas de veículos, por exemplo.

“Um benefício do Renave é a realização de transferência imediata, sem necessidade de procuração. Isso também evita que as revendas mantenham veículos em nome do antigo proprietário, o que costuma trazer transtornos ao dono anterior, quando o novo proprietário não faz a transferência”, informou a assessoria do Detran. Segundo o órgão, a taxa do Renave é mais barata do que a procuração.

Já o gravame – onde o impacto do reajuste no bolso do catarinense será maior, ficando R$ 38,15 mais caro – é o cadastro dos veículos que estão vinculados a algum processo de financiamento junto ao Sistema Nacional de Trânsito.

Nesse caso, o veículo é a garantia do contrato. O gravame pode ser cancelado por qualquer uma das razões especificadas na portaria n° 0155/17 do Detran.

Taxas foram instituídas em 2020

Questionada sobre a data do último reajuste nas duas taxas, a Secretaria da Fazenda informou que, como foram instituídas pela lei nº 18.044, de 2020, produzindo efeitos a partir de 22 de março de 2021, só houve a necessidade de atualização monetária em 2022.

A Fazenda também explicou porque somente as duas taxas passaram por reajuste, considerando que o Detran/SC cobra dezenas de serviços.

“Todas as taxas, com exceção dessas, foram atualizadas por meio do decreto 1.661, de 2021. Como essas duas taxas não tinham sido incluídas no decreto, foram atualizadas mediante o decreto nº 1.681, de 2022. Todas as taxas estaduais com fulcro na lei 7.541/88 foram atualizadas, como ocorre desde 2014”.

Questionada sobre porque o processo administrativo citado no decreto 0269/22 está em sigilo no sistema, a Fazenda explicou que o processo é mantido em sigilo apenas até que seja publicada a norma, momento no qual é retirado o sigilo, e que se torna pública com a publicação no DOE/SC. É uma decorrência do sigilo fiscal de que trata o art. 198 do CTN (Código Tributário Nacional).

Fonte: ndmais

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 4 Próximo

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 4

Após uma semana, vítima de naufrágio continua sendo buscada em Laguna Anterior

Após uma semana, vítima de naufrágio continua sendo buscada em Laguna

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.