• Sábado, 14 de Dezembro de 2019
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Tensão em Lauro Müller

Imprensa livre

Tensão em Lauro Müller

Ambiente político da cidade estremecido com afastamento do prefeito

A decisão do desembargador José Everaldo Silva, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em afastar o prefeito de Lauro Müller, empresário Valdir Fontanella (PP) por até 180 dias é o fato que agitou o ambiente político do Sul do Estado nesta segunda-feira. O GAECO deflagrou a operação denominada “Seguindo o Rastro”. Investiga possíveis crimes de fraude em licitações, peculato, corrupção ativa e passiva, num crime que teria sido cometido em parceria com outros servidores e empresários da cidade. Ninguém foi preso, mas houve buscas e apreensão de material em Lauro Müller (inclusive na prefeitura e numa empresa do prefeito), em Criciúma, Orleans e São José sempre nas empresas de Fontanella.

Ao contrário do que ocorre normalmente o GAECO não concedeu nenhuma entrevista coletiva para detalhar a operação. O processo corre em segredo de Justiça. Valdir Fontanella passou a tarde na capital do Estado acompanhado de seus advogados e ainda não se manifestou.

O vice-prefito Pedro Barp não tinha sentado na cadeira de prefeito até o meio da tarde de hoje. O presidente da Câmara de Vereadores, Luciano Leodato, que foi informado logo cedo da operação esteve no Fórum local para saber como proceder. Foi aconselhado a não dar posse ao vice-prefeito, já que o entendimento é que ele é o substituto natural do prefeito e assim disse que vai agir.

Atletas de Forquilhinha se destacam na etapa final do Circuito Sesc de Corridas no RS  Anterior

Atletas de Forquilhinha se destacam na etapa final do Circuito Sesc de Corridas no RS

O amor é o maior poder que temos Próximo

O amor é o maior poder que temos

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.