• Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Tráfego de veículos pesados gera transtornos aos moradores do Cedro

Imprensa livre

Tráfego de veículos pesados gera transtornos aos moradores do Cedro

Os moradores relataram que os caminhões que trafegam na rodovia levantam muita poeira, o que tem gerado transtornos. Como medida paliativa, prefeito Anibal Brambila, autorizou a colocada de material na estrada

 

O prefeito de Maracajá Anibal Brambila recebeu na manhã de terça, dia 19/01, representantes da Associação de Moradores do Cedro, que solicitaram reunião para explanar sobre o problema que estão enfrentando com o tráfego intenso de caminhões que passam diariamente na localidade, levantando muita poeira e causando problemas respiratórias.

Segundo os moradores, empresas de terraplanagem fazem uso da estrada frequentemente, onde buscam na localidade os insumos. "Tem dias que são mais de quatro caminhões carregados trafegando o dia todo. Com isso, não podemos nem abrir nossas casas, estender uma roupa no varal e até sair de casa, pois a poeira acaba trazendo problemas de saúde", relataram.

A diretora do Departamento de Obras de Maracajá, Vanessa Jerônimo, explicou que a segunda etapa das obras de pavimentação da Rodovia Municipal Demétrio José da Rocha, acesso a  localidade de Cedro, deve iniciar nas próximas semanas. "A rodovia já recebeu na primeira etapa um quilômetro de pavimentação, agora serão mais 770 metros, porém ainda ficará um trecho de  revestimento primário, que está nos planos da Administração em futuramente concluir", detalha.

O prefeito Anibal Brambila informou aos moradores que a partir da próxima semana o setor de Obras colocará alguns insumos (pedra ou brita) como medida paliativa para minimizar a poeira. "Os moradores estão no direito deles de pedirem uma solução, pois ninguém quer viver em meio a sujeira causada pela poeira, ou ainda desenvolver uma doença respiratória. Vamos tentar minimizar o problema e buscar uma conversa com os donos de empresas de terraplanagem que fazem uso da estrada, para também colaborarem com a comunidade", disse.

Os moradores agradeceram a receptividade do prefeito Brambila, que logo após o encontro com os representantes da Associação, conversou com o proprietário da empresa citada pelo moradores, que informou ao prefeito que não fará mais a retirada de material naquela localidade.

Técnica de Enfermagem que atua no Cemasas é a primeira a receber a vacina da Covid-19 Próximo

Técnica de Enfermagem que atua no Cemasas é a primeira a receber a vacina da Covid-19

Turvo inicia aplicação da vacina contra a covid-19 Anterior

Turvo inicia aplicação da vacina contra a covid-19

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.