• Sábado, 04 de Dezembro de 2021
  1. Home
  2. Política
  3. Primeiro Segundo: O lado oculto da guerra espiritual no Brasil - Parte III

Política

Primeiro Segundo: O lado oculto da guerra espiritual no Brasil - Parte III

“Caminhai purificando os vossos corpos, praticando o silêncio, desenvolvendo a Responsabilidade, desapegando-vos do egoísmo físico, moral, financeiro, familiar, social e todos aqueles gostos e vontades que vos unem à escuridão; estareis trabalhando na vossa redenção e colhereis simplesmente aquilo que tiverdes trabalhado espiritualmente.”*

A chave de proteção mais poderosa que existe é o Amor. Estar completamente protegido, é permanecer nesta vibração da forma mais constante possível. Hoje em dia o mundo está travando uma guerra pouco convencional, na qual a aparente ausência de beligerância, é rompida por formas ocultas de ataque, que solapam a nossa paz. Notícias tendenciosas, ideologias em conflito, conceitos científicos e políticos em disputa e muita desinformação.

Vigiar-se e centrar-se para não perder o controle sobre si mesmo exige uma atitude compreensiva e amorosa em todas as circunstâncias. Isto é o que eleva nosso padrão vibracional e nos mantém imunes às manifestações densas, além de nos permitir discernir a verdade por trás dos fatos. Por isto, só o amor convém, só o perdão convém. Pode parecer improvável, mas diante de inimigos ocultos ou declarados o Amor é a chave de proteção perfeita.

O Amor não é um sentimento. Amor é força, energia, poder. Quando esquecemos deste traço tão único em nossas vidas, e por qualquer razão rebaixamos nossa frequência com sentimentos vis, abrimos nosso campo e permitimos ser atingidos. Aí vem o desassossego, as inquietações e as cismas. Isto nos enfraquece e ficamos mais susceptíveis aos pensamentos que incomodam. Romper nossa vigília por um só instante às vezes é o suficiente para sairmos do modo amoroso e, com isto, darmos vazão ao instinto reativo, gerando incertezas das mais absurdas. Paramos de agir com consciência e começamos a reagir sob o domínio emocional do ego.

E assim, abrimos o nosso campo ainda mais e podemos ser “atacados”. Mas por que este processo ocorre? Quem ou o que nos ataca e por quê? Na verdade não é propriamente um “ataque”. Quando alguma energia baixa é capaz de nos afetar, romper nossa harmonia e produzir pensamentos ruins, é sinal de que aquela manifestação encontrou em nós um campo ideal para se fortalecer. O que significa dizer que existe alguma similitude em nosso íntimo com a natureza vibratória daquela força estranha. Há algum traço em nós de espécie semelhante à energia externa, que permitiu a sua captação. Simplificando, se vibramos a raiva e a revolta, por exemplos, é sinal de que há em nós a semente do ódio.

Assim, a força natural de atração faz o vínculo com fluidos etéricos de mesma espécie, permitindo que sejamos afetados por aquela qualidade energética. Ou seja, atraímos para nós, tudo aquilo que vibramos para os outros. Felizmente, do mesmo modo quando acatamos energias boas, passamos a rechaçar energias antagonistas. E é exatamente por esta razão que vibrar o amor incondicional é uma forma de defesa inexpugnável, impenetrável, invencível. O Amor é uma vibração extremamente elevada, cuja fonte tão pura, impede qualquer aproximação de energias destituídas desta mesma pureza.

Nestes dias incertos em que o nosso país é ameaçado de diversas formas por forças que desconhecemos, não podemos fraquejar ou agir de forma dúbia. Devemos saber como nos fortalecer internamente para podermos agir externamente com lucidez e equilíbrio. Por outro lado, cada vez que somos atingidos etericamente e de alguma forma tombamos, teremos aí uma chave de autodescoberta interessante. Podemos aprender algo sobre nós mesmos e desvendar algum aspecto sombrio em nosso ser, o qual, de outro modo, não seria revelado. Se formos perceptivos, teremos uma fonte de ricos ensinamentos sobre o que precisamos sutilizar, aperfeiçoar, clarificar em nós mesmos.

Mais uma vez será o amor que nos trará a resposta. O Amor tem todas as respostas, pois coaduna-se com a Sabedoria de modo complementar e essencial. Isto não é metafórico, nem meramente sugestivo. É exatamente assim que pode ocorrer, se realmente assim o quisermos. A permanência em silêncio, na vibração meditativa do Amor é uma chave de proteção e de revelações da Verdade que está ao nosso alcance agora. Quando vibramos o Amor não acalentamos o temor, simplesmente porque não há razões para nos sentirmos ameaçados.
Este é o caminho que nos levará à Luz da vitória, nesta batalha contra o mal que assola praticamente a humanidade inteira.

* O parágrafo foi transcrito do livro “O PADRÃO HUMI - AS ORIENTAÇÕES DOS MESTRES”*, trecho do Capítulo 8 ”O SILÊNCIO INTERIOR”, Mestre Kyu HUMI. Canalização de J. C. Alarcon & M.N. Alarcon.

“O amor é uma força que transforma o destino.”
Chico Xavier (02/04/1910 - 30/06/2002)

Iniciativa pioneira da Celesc treina eletricistas com realidade virtual Próximo

Iniciativa pioneira da Celesc treina eletricistas com realidade virtual

Em dez meses, SC supera número total de empresas abertas em 2020 Anterior

Em dez meses, SC supera número total de empresas abertas em 2020

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.