• Sexta-feira, 27 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Política
  3. PT começará a organizar campanha na região em maio

Política

PT começará a organizar campanha na região em maio

Coordenador regional do PT, ex-presidente da Câmara de Vereadores de Araranguá, Ozair Banha da Silva, diz que sua legenda deverá se reunir no início de maio para começar a planejar as estratégias da campanha eleitoral deste ano. Dentre elas está o lançamento das pré-candidaturas a deputado federal, e a estadual, pelo PT de nossa região. Em princípio, Banha, que é advogado, deverá ser candidato a federal, e o policial civil sombriense, Glauter Soares, deverá disputar a Assembleia Legislativa pelo partido.

Moisés conflita com Colombo e fortalece oposição

Governador Carlos Moisés da Silva (Rep) está se dispondo a antecipar o debate eleitoral deste ano. Alfinetado por Raimundo Colombo (PDS), que o tem acusado de se utilizar dinheiro público para fazer amarras políticas com vistas à 2022, Moisés desengavetou um financiamento de R$ 3 bilhões feito pelo ex-governador em 2018, que, na prática, tinha o mesmo objetivo. Ao atacar Colombo de forma tão franca, o atual governador começa a escolher seus inimigos.

O contra-ataque de Carlos Moisés a Colombo fortalece um projeto oposicionista ao governo. Tanto Esperidião Amin (PP), quanto Gean Loureiro (União), e também Antídio Lunelli (MDB), têm proposto a Raimundo Colombo uma aliança para este ano.

O governador também começa a afastar de vez o PSD de sua possível base de apoio. Em que pese os esforços de alguns líderes pessedistas para que o partido esteja junto com Moisés, sem as bençãos de Colombo isto não acontecerá.

O fato é que Carlos Moisés só chegou a este ponto de sua carreira política, porque no exercício do mandato não se dispôs a fazer política. Abaixou a cabeça, não opinou e com isto foi retirando as pedras do caminho. Se começar a ter vida própria, já, já, voltará a ficar sozinho.

PSD está mais próximo de Gean Loureiro

O PSD está, hoje, bastante próximo de Gean Loureiro, com vistas a uma aliança. Já Raimundo Colombo está próximo, tanto de Loureiro, quanto de Esperidião Amin (PP), com que esteve reunido recentemente. Neste momento, no entanto, as alfinetadas de Carlos Moisés em Colombo fortalecem o projeto de Loureiro, pois é com ele que as tratativas do PSD estão mais afloradas.

Moisés tem se que cuidar para não brigar com a direita

Ainda que o MDB venha sendo a principal tábua de salvação da gestão, e também da pré-candidatura do governador Carlos Moisés da Silva, diante do pleito deste ano, convém ele não pegar briga com outros partidos grandes, principalmente com aqueles com tendência ideológica de direita. Vale lembrar que a eleição em Santa Catarina só será decidida no segundo turno. Se na segunda etapa da eleição ele tiver que enfrentar uma aliança entre PSD, União Brasil, PL e Progressistas, por exemplo, situação será bem complicada para seu lado.

Mota já vem fazendo visitas com Motinha

Ex-deputado estadual Manoel Mota (MDB) já caiu no trecho, e vem fazendo visitas à lideranças de seu partido, solicitando apoio a pré-candidatura de seu filho, o ex-vereador araranguaense Marco Antônio Mota, o Motinha, que é filiado ao Republicanos, e disputará a Assembleia Legislativa. O foco são prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, e ex-vereadores do MDB.

Senado aprova regulamentação de mercado de criptomoedas Próximo

Senado aprova regulamentação de mercado de criptomoedas

Homem é preso todo lambuzado e assume vício inusitado; entenda Anterior

Homem é preso todo lambuzado e assume vício inusitado; entenda

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.