• Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022
  1. Home
  2. Política
  3. Ricardo Ghellere já costura com vistas a 2022

Política

Ricardo Ghellere já costura com vistas a 2022

Candidato a prefeito de Araranguá nas eleições municipais deste ano, empresário Ricardo Ghellere (PRTB) já está trabalhando na construção de sua candidatura a deputado estadual em 2022. Apesar da derrota nas urnas, Ricardo emplacou 7 mil votos na Cidade das Avenidas, percentual correspondente a quase 20% do eleitorado local. Afora isto, o PRTB também emplacou 3 mil votos em Sombrio, através da candidatura de Clodoaldo Patrício. Por sua vez, o PSL, partido ideologicamente afinado com o PRTB, conquistou uma prefeitura, e quatro vice-prefeituras, o que, em tese, demonstra que há campo de sobra para se trabalhar uma candidatura de direita à Assembleia Legislativa em nossa região. De olho neste nicho, Ricardo projeto voos maiores.  

 

Zênio diz que não será candidato em 2022 

Prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso (MDB), que estará deixando o comando do executivo municipal no final deste mês, depois de oito anos a sua frente, diz que não tem mais pretensões eleitorais, e, por conta disto, ressalta que não faz parte de seus planos disputar a Assembleia Legislativa em 2022. Esta possibilidade passou a ser ventilada depois que o MDB de Turvo não conseguiu emplacar um quarto mandato consecutivo, o que seria uma espécie de chancela para que o prefeito turvense Tiago Zilli (MDB) fosse elencado à condição de candidato natural a deputado estadual daqui a dois anos.  

Por ter comandado a terceira vitória seguida do MDB sombriense, Zênio passou a ser referendado como uma alternativa plausível, diante da necessidade que os emedebistas da região têm de reconquistar uma vaga na Assembleia catarinense. O prefeito, no entanto, ressalta que a partir de 1º de janeiro seus planos são bem outros. “Estou há oito anos me dedicando ao poder público. Está na hora de voltar a atividade privada e isto já definido: será a partir da primeira semana de janeiro do ano que vem”, comenta. De acordo com Zênio, o MDB tem plenas condições de bancar uma candidatura a deputado estadual pelo Extremo Sul, independentemente de quem seja este candidato. De acordo com ele, Tiago Zilli está totalmente dentro do processo, apesar da derrota em Turvo, assim como outros nomes que poderão surgir nos próximos meses, caso o prefeito turvense abra mão de uma possível disputa.  

Em nível regional, o MDB, no entanto, deve insistir na tese de que Zênio reconsidere sua posição, já que a geopolítica configurada pelas urnas no mês passado acabaram sendo francamente favoráveis a um possível projeto seu.  

 

Renovação não atingiu plenamente as majoritárias  

Em que pese a onda de renovação na política, que atingiu principalmente as Câmara Municipal de Vereadores neste ano em Santa Catarina, nosso Estado ainda se mostrou conservador do que diz respeito a mudanças no executivo. Fechadas as urnas e aberta a contagem dos votos, o que se observou é que de cada quatro prefeitos eleitos, três estão filiados ao MDB, PP, PSDB ou PSD. A média estadual, aliás, é refletida em nossa região. Aqui no Extremo Sul, 13 dos 15 prefeitos eleitos no último dia 15 de Novembro são filiados uma destas quatro siglas. Os outros dois são filiados ao PSL e ao PL. Para 2022, é muito difícil que a tríplice aliança costurada por Luiz Henrique da Silveira (MDB), entre MDB, PSD e PSDB, seja reeditada. Todavia, as urnas de 2020 já cantaram a pedra para daqui a dois anos. Afora algo descomunal, nosso Estado voltará a ser comandado por algum partido tradicional. Isto só não aconteceria se o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) tivesse feito sua gestão decolar, o que não foi o caso.  

 

Gean Albino deverá ser presidente da Câmara de Sombrio 

Vereador eleito pelo Democratas de Sombrio, Gean Albino deverá ser o novo presidente da Câmara Municipal de Vereadores a partir de 1º de janeiro. Um acordo firmado entre os seis vereadores eleitos pela situação garantirá o primeiro ano da presidência ao Democratas, e o segundo ao PDT, através do vereador reeleito João Roseno. O MDB ficará com os dois últimos anos do próximo quadriênio. Os vereadores que ocuparão a presidência em 2023 e 2024 pelo MDB ainda serão definidos. Neste pacote, ficou acordado com que o vereador eleito Rafael dos Santos Silva (PL) será o futuro Secretário Municipal da Saúde. Com isto, será aberta vaga para que o primeiro suplente do PL, Cristian Luchina, assuma a Câmara Municipal, já a partir de janeiro.   

 

Será difícil identificar candidaturas fakes de mulheres 

Justiça Eleitoral vai ter dificuldade de identificar se houve, ou não, inscrição de candidaturas femininas meramente para preencher os 30% de vagas destinados a gênero, na eleição municipal deste ano. Com centenas de candidaturas a vereador registradas em nossa região, por conta da impossibilidade de coligação proporcional, mais de 300 mulheres disputaram as Câmaras Municipal neste ano, aqui no Extremo Sul. Fatalmente, boa parte delas fizeram votações irrisórias, conquistando, em boa parte dos casos, votações inferiores a dez votos. O problema é que isto aconteceu de forma generalizada, em praticamente todos os municípios da região. Diante deste cenário, fica praticamente impossível se determinar se tal candidatura era para valer, ou se era meramente para cumprir tabela. Vale lembrar que seis vereadores de Sombrio foram afastados da Câmara Municipal por suspeita de fraude eleitoral, ligada a este tema, no pleito de 2016. 

Luz de alerta Próximo

Luz de alerta

Espaço para crianças é revitalizado no Parque Ecológico de Maracajá Anterior

Espaço para crianças é revitalizado no Parque Ecológico de Maracajá

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.