• Terça-feira, 25 de Junho de 2024
  1. Home
  2. Política
  3. Tendência é que Carlos Moisés suma do mapa

Política

Tendência é que Carlos Moisés suma do mapa

A articulação do governador Jorginho Mello (PL), que tirou o comando do Republicanos de Santa Catarina das mãos do ex-governador Carlos Moisés da Silva, e o colocou nas mãos do deputado federal Jorge Goetten, pode significar o fim da carreira política do ex-mandatário do Estado.
 
Sem um partido para chamar de seu nas eleições municipais deste ano, Carlos Moisés terá que atuar diante do próximo pleito de Outubro como mero expectador.
 
Sem a caneta nas mãos, e diante de um eminente vazio político pelos próximos meses, dificilmente o ex-governador conseguirá se reerguer das cinzas, e o mais provável é que ele suma do cenário político catarinense definitivamente.
 
Qualquer tentativa de retorno só teria alguma chance de dar certo se ele se filiasse a alguma sigla de expressão, onde os caciques já estão postos em seus devidos lugares.
 
Neste caso, ele teria que atuar como coadjuvante, o que não faz seu estilo.
 
A grande verdade é que Carlos Moisés da Silva deu aula de como não fazer política em nosso Estado.
 
Seu primeiro erro foi romper com o então presidente Jair Bolsonaro (PL), diante de um eleitorado iminentemente bolsonarista.
 
Ato seguinte adotou um discurso social-democrata, em contradição ao seu próprio projeto de eleição, que surfou no discurso liberal e conservador.
 
No embalo, se isolou dos partidos tradicionais, se colocando acima do bem e do mal.
 
Como resultado, colheu dois processos de cassação que só não lhe custaram o mandato porque entregou a gestão de seu governo aos deputados estaduais.
 
Fora do governo, e com o Republicanos sob sua batuta, o ex-governador continuou desintonizado da realidade política catarinense.
 
Em nenhum momento ele se mostrou, ao menos publicamente, um fomentador de candidaturas a prefeito ou a vereador por seu novo partido.
 
Como não semeou, não conseguiu colher liderança, e tirá-lo do comando do Republicanos foi tão fácil quanto tirá-lo do governo.
 
Finais  
 
Encontro regional do MDB, realizado na sexta-feira à noite em Criciúma, apresentou todos os pré-candidatos a prefeito e a vice da legenda, para a disputa nos mais de 40 municípios do Sul do Estado.
 
Pela região da Amesc, foram apresentadas as pré-candidaturas majoritárias de 13, dos 15 municípios.
 
Apenas em Meleiro e Ermo o partido não deverá ter candidato a prefeito ou a vice, e apoiará as respectivas candidaturas do PL ao Executivo Municipal.
 
Os pré-candidatos a prefeito apresentados foram César Cesa, em Araranguá, Fernando Ferreira, o Chimia, em Balneário Gaivota, Sander Just, em Jacinto Machado, Adelirio Monteiro, em Praia Grande, Márcio Grei Magnus, em São João do Sul, Gislaine Cunha, em Sombrio, Marlon Panatta, em Timbé do Sul, e Heriberto Schimidt, em Turvo.
 
Em Maracajá, o MDB apresentou nada menos do que sete pré-candidatos a prefeito, ressaltando-se, no entanto, o nome do ex-prefeito Wagner da Rosa.

Já como candidatos a vice, o MDB apresentou as pré-candidaturas de Rejane Martins, em Balneário Gaivota, Juraci Favarin, o Tatim, em Morro Grande e Pedro Dávila da Cunha, em Santa Rosa do Sul.

Em Balneário Arroio do Sul o partido mudou de rota. O nome de Eduardo Costa, cotado para ser candidato a vice de Jairo Borges, do PL, foi substituído pelo o de Larissa Biléssimo, que deverá ser oficializado na semana que vem.

Paralelo ao cenário apresentado no encontro regional do MDB, há três situações pontuais que podem sofrer novos desdobramentos.

Em Balneário Gaivota o partido pode convergir para uma aliança com Progressistas, PSD e PDT.

Nesta aliança é possível que o MDB indique o vice do PSD, ao invés de ter candidatura própria a prefeito.

Em Maracajá é especulada uma inédita dobradinha com o Progressista, e o MDB poderia ser até mesmo vice de seu histórico rival no município.

Por fim, em São João do Sul o MDB poderá compor com o PL, indicando o candidato a vice dos liberais.

Carta do Moisés para acalmar! Republicanos não vai alterar composições! Próximo

Carta do Moisés para acalmar! Republicanos não vai alterar composições!

Após desacato homem é preso com arma de fogo e drogas em Araranguá Anterior

Após desacato homem é preso com arma de fogo e drogas em Araranguá

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.