• Terça-feira, 27 de Julho de 2021
  1. Home
  2. Política
  3. Tiago Zilli já começou a estruturar pré-campanha

Política

Tiago Zilli já começou a estruturar pré-campanha

Ex-prefeito de Turvo, Tiago Zilli (MDB), já começou a manter contato com profissionais das áreas de pesquisa e marketing, para alinhavar seus primeiros passos, com vistas a solidificação de sua pré-candidatura a deputado estadual ano que vem. De acordo com Tiago, “o projeto está lançado, mas depende, por óbvio, da aprovação do partido”. Por sua vez, se depender do MDB, Tiago já pode se considerar muito mais do que pré-candidato. Nome consensual da legenda aqui no Extremo Sul, o ex-prefeito não terá nenhuma dificuldade em figurar entre os mais votados de nossa região ano que vem. A garantia da eleição, no entanto, só virá se novos mercados eleitoras forem abertos em outras regiões do Estado.   

Gislane Cunha começa a imprimir ritmo próprio  

Prefeita de Sombrio, Gislaine Cunha (MDB), gestora bastante ligada às áreas da saúde e do social, tem se notabilizado pelos investimentos nestes dois setores.  No que diz respeito à saúde, a prefeita tem se ressaltado por manter Sombrio com o menor índice percentual de contaminação por Covid-19 em nossa região. Além da adiantada vacinação, que já atingiu cerca de 70% da população acima dos 18 anos, Gislaine também tem dedicado atenção especial à saúde primária, capilarizando muito o atendimento a população via Unidades de Saúde. Do mesmo modo, tem se dedicado a ações voltadas para o atendimento de alta complexidade, como se observa através de seus esforços para a instalação de dez unidades de UTI no Hospital Dom Joaquim, fato que deverá ser concretizado nos próximos dias. 

No que diz respeito ao social, Gislaine vem se preocupando com o desenvolvimento de projetos que visem neutralizar mazelas decorrentes, por exemplo, da falta de emprego e renda. Ontem, em suas redes sociais, a prefeita contou um pouco de sua tarde no Paço Municipal, destinada, justamente, a ações voltadas para projetos ligados a geração de novos postos de trabalho. Dentre as ações, estava a posse dos membros do Conselho Municipal de Turismo, órgão que atuará como mola propulsora deste setor em Sombrio. Logo na sequência, Gislaine se reuniu com empresários que planejam construir uma nova fábrica no parque industrial do município, destinada ao setor de confecção. 

De acordo com a prefeita, o fomento ao turismo e a desburocratização das amarras que impedem novos investimentos fabris no município ajudarão Sombrio a se consolidar como um celeiro de geração de empregos na região. “No pós-pandemia deveremos ser o município com as maiores oportunidades de crescimento econômico da região. Desde o início do ano estamos trabalhando neste sentido”, comenta.  

Nem Bolsonaro, nem Lula querem terceira via  

Em que pesem suas diferenças, presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula da Silva (PT) têm concordado com uma coisa: ambos são avessos a uma terceira via política diante da eleição presidencial de 2022. A explicação é bem simples. Pesquisas em nível nacional têm mostrado que, diante de um candidato bom, de centro, com discurso moderado, tanto Bolsonaro quanto Lula ficam na poeira. Na prática, um candidato de centro, contra Bolsonaro, venceria a eleição, o mesmo acontecendo com um candidato de centro contra Lula. Único problema para quem não gosta nem de Bolsonaro, nem de Lula, é que esse tal candidato de centro não está evidenciado ainda. Nomes não faltam, mas não há consenso quanto a quem ele será.  

Motinha poderá ir para o Podemos para disputar  

Fonte ligada ao ex-deputado estadual Gelson Merisio (PSDB) confirma que ele tem interesse na candidatura do ex-vereador araranguaense, Marco Antônio Mota, o Motinha, a deputado estadual. Esta candidatura, no entanto, não se daria pelo PSDB, mas sim pelo Podemos, sigla que Merisio tem franco acesso em nível nacional e estadual. A vaga de candidato a estadual pelos tucanos, em nossa região, estaria reservada ao ex-vice-prefeito de Meleiro, Rogildo Bordignon (PSDB). Já o Podemos ainda não tem nome elencado para a Assembleia por nossa região. Sempre que questionado sobre seu futuro político, Motinha, que deixou o MDB recentemente, se restringe a dizer que ainda é cedo para decidir. Todavia, ele ressalta que deve mesmo concorrer ao parlamento catarinense em 2022.    

Moreira poderá disputar Assembleia Legislativa ano que vem 

Por mais estranho que possa parecer, ex-governador Eduardo Moreira (MDB) tem insistido na tese de que deva ser candidato a deputado estadual ano que vem. Com este objetivo, tem mantido contato com várias lideranças emedebistas da região de Criciúma, e até mesmo com algumas de nossa região, tentando vender a ideia. Na tradição da política catarinense, geralmente ex-governador concorrem ao Senado Federal. Foi assim com Jorge Bornhausen (PFL), Esperidião Amin (PP), Casildo Maldaner (MDB), Luiz Henrique da Silva (MDB) e Raimundo Colombo (PSD). Há também as exceções, como Paulo Afonso Vieira (MDB), que disputou a Câmara Federal. A ideia, no entanto, não constrange Moreira. O mandato de estadual seria muito mais “para ficar no meio da turma”.  

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril Próximo

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril

Comida na Mesa precisa de ajuda para arrecadar mais alimentos em São João do Sul Anterior

Comida na Mesa precisa de ajuda para arrecadar mais alimentos em São João do Sul

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.