• Sábado, 04 de Dezembro de 2021
  1. Home
  2. Política
  3. Vandalismo em Turvo mostra necessidade câmeras nos municípios

Política

Vandalismo em Turvo mostra necessidade câmeras nos municípios

Atos de vandalismo em Turvo, que atingiram frontalmente a decoração natalina do município, reafirmam a necessidade que as prefeituras de toda região têm de investir em sistemas de vigilância eletrônica, em parceria com a Polícia Militar, para o monitoramento. Infelizmente o Extremo Sul Catarinense foi tomado pela marginalidade, que se sente cada vez mais a vontade para agir junto a sociedade. O discurso da vitimização social não cola mais. Não se acha um servente de pedreiro, uma cozinheira, um jardineiro, em lugar algum. Por outro lado, o que não falta é vagabundo perambulando à noite pelas ruas. Precisamos de proteção, e a vigilância é uma grande aliada neste quesito.

Bolsonaro reacende esperanças do Progressistas

Ao declarar que irá segurar sua filiação ao PL, do senador Jorginho Mello, presidente Jair Bolsonaro reacendeu as esperanças de seu ex-partido, o Progressistas, que vinha contando até pouco tempo com o retorno do Chefe da Nação as suas fileiras. A bem da verdade, Bolsonaro só está tentando se encaixar no PL por pragmatismo. Sabe que se não ir para o partido, são grandes os riscos da legenda se aliar ao ex-presidente Lula da Silva (PT). As resistências nas bases do PL a Bolsonaro, no entanto, são gigantes, justamente por conta da proximidade do partido com o PT.

Aqui em Santa Catarina, a situação criada por Jair Bolsonaro está fazendo com que tenhamos, toda semana, um cenário diferente com vistas à 2022. Quando acenou que iria para o Progressistas, automaticamente Bolsonaro elencou o senador Esperidião Amin (PP) como um dos principais nomes do processo sucessório estadual ano que vem. Ao descartar a filiação ao partido e se mostrar interessado na filiação ao PL, a bola da vez passou a ser o senador Jorginho Mello (PL). Neste momento, todavia, os holofotes saíram de Jorginho e podem voltar a ser direcionados para Amin.

Paralelo a estes desdobramentos, alguns líderes do Progressistas e do PL têm conversado sobre uma aliança entre os dois partidos no Estado, o que, diga-se de passagem, é um balde de água fria nas pretensões do governador Carlos Moisés da Silva. É que, em princípio, Carlos Moisés almeja ter o Progressistas como seu aliado, algo que ficará inviável de ser concretizado, caso o partido se una ao PL.

Gislaine Cunha autoriza pavimentação de cinco ruas

Prefeita de Sombrio, Gislaine Cunha (MDB), assinou pacote para pavimentação de cinco ruas do município, num investimento total superior a R$ 800 mil. No bairro São Luiz serão pavimentadas as ruas Ulisses Luiz da Rosa, Edílio Antônio da Rosa e Edmundo Josino Pereira. Já no bairro Boa Esperança, serão pavimentadas as ruas Nazário Manoel Oliveira e Tomaz José da Rosa. Todas as pavimentações deverão começar até a próxima semana. As pavimentações fazem parte do projeto de Gislaine de pavimentar todas as principais vias públicas do perímetro urbano do município até o final de seu mandato, meta que foi elencada como o carro chefe de sua campanha eleitoral ano passado.

Bolsonaro terá dificuldades em abraçar só um candidato em SC

Esta questão que envolve a filiação do presidente Jair Bolsonaro a este ou aquele partido, e a suposta verticalização de sua candidatura presidencial, com uma candidatura específica ao Governo do Estado, é extremamente questionável. Hoje Bolsonaro está flertando com o PL e com o Progressistas. Aqui em Santa Catarina, no entanto, o primeiro político de expressão a bancar a pré-candidatura de Bolsonaro à presidência, ainda em 2016, foi Antídio Lunelli, depois eleito e reeleito prefeito de Jaraguá do Sul, e hoje pré-candidato ao governo pelo MDB. Líder empresarial, Antídio é amigo de Bolsonaro e deverá fazer campanha escancarada para ele ano que vem. É mais do que lógico que Bolsonaro não irá deixar de aparecer ao lado de Antídio durante a campanha eleitoral de 2022, caso ele de fato seja o candidato ao governo do MDB.

Araranguá e Sombrio estão em programa milionário do Governo do Estado

Governo do Estado deverá anunciar no final deste mês programa que prevê a destinação de recursos volumosos para os 50 maiores municípios catarinenses. Pelo programa, cada um destes municípios receberá R$ 1 milhão por mil habitantes. Um município com cem mil habitantes, por exemplo, receberá R$ 100 milhões, que deverão ser aplicados em obras de infraestrutura. Em nossa região, Araranguá e Sombrio se encaixam entre os 50 maiores municípios do Estado. Araranguá, que é o 23º maior município de Santa Catarina, tem 71 mil habitantes, e deverá receber R$ 71 milhões. Sombrio, por sua vez, que é o 47º maior município, com 31 mil habitantes, deverá receber R$ 31 milhões. Estes valores, somados a outros já anunciados para nossa região, ultrapassar a casa dos R$ 400 milhões na atual gestão estadual. Todavia, precisamos ver a cor do dinheiro.

Caixa inicia pagamento do Auxílio Brasil Próximo

Caixa inicia pagamento do Auxílio Brasil

Governo admite inflação maior, e salário mínimo pode ir a R$ 1.210 Anterior

Governo admite inflação maior, e salário mínimo pode ir a R$ 1.210

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.