• Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2021
  1. Home
  2. Saúde e estética
  3. Coronavírus em SC: Portaria da Saúde determina suspensão de cirurgias eletivas de média e alta complexidade

Saúde e estética

Coronavírus em SC: Portaria da Saúde determina suspensão de cirurgias eletivas de média e alta complexidade

Uma portaria publicada pela Secretaria de Estado da Saúde determinou a suspensão de cirurgias eletivas de alta e média complexidade pelos próximos 20 dias, como forma de garantir o acesso dos catarinenses às unidades durante a pandemia de Covid-19.

O documento assinado pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 22, determina em seu artigo 1º que ”ficam suspensos todos os procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade nos Hospitais Próprios de Administração Direta, Hospitais Próprios Administrados por Organização Social (OS), Hospitais Contratualizados sob Gestão Estadual, Hospitais Contratualizados sob Gestão Municipal e Hospitais Privados, em todo o território catarinense, por período de 20 dias”.

A suspensão é aplicável a todas unidades que dispõem de leitos de internação de UTI,  intermediários ou clínicos, para tratamento das complicações relacionadas à infecção pelo novo coronavírus. Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco.

A portaria 168/2021 ainda estabelece que as unidades necessitam ampliar os estoques de gases medicinais, medicamentos, insumos e materiais de enfermagem, equipamentos de proteção individual, redirecionar e recrutar recursos humanos e reorganizar a disponibilidade de leitos e equipamentos para garantir a atenção a todos os pacientes que necessitem internação. 

O Governo do Estado ainda proibiu que as unidades restrinjam ou fechem o setor de emergência, bloqueando o acesso espontâneo ou referenciado de pacientes. “Fica vedado às Unidades Hospitalares recusar o acesso de pacientes ao setor da emergência ou o encaminhamento de pacientes de outras unidades hospitalares para leitos de UTI ativos e disponíveis no Sistema de Gestão de Leitos – SES LEITOS”, consta a portaria.

Fonte:Fabrício Escandiuzzi - Assessoria de Comunicação

Geovânia e Ricardo Guidi votaram pela manutenção da prisão Próximo

Geovânia e Ricardo Guidi votaram pela manutenção da prisão

Luiz da Farmácia aprova anteprojeto para criar Conselho dos Direitos das Pessoas com Deficiências Anterior

Luiz da Farmácia aprova anteprojeto para criar Conselho dos Direitos das Pessoas com Deficiências

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.