• Sábado, 21 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Saúde
  3. Ocupação dos leitos de UTI Covid cresce 19% em quatro dias em SC

Saúde

Ocupação dos leitos de UTI Covid cresce 19% em quatro dias em SC

O Planalto Norte e Nordeste e a Grande Florianópolis são as duas regiões com as maiores taxas de ocupação no Estado.

O crescimento do nível de infecção do coronavírus tem refletido nas internações hospitalares em Santa Catarina. A taxa de ocupação dos leitos de UTI Covid em Santa Catarina cresceu nos últimos quatro dias. A análise considera os dados de sexta-feira (7) e os números divulgados nesta segunda-feira (10).

Na última sexta-feira (7), de acordo com o boletim epidemiológico da secretaria de Estado da Saúde, eram 135 pessoas internadas, nesta segunda-feira (10) esse número tinha subido para 161 internações. Um aumento de 19,2%. Desse total, eram 143 pelo SUS e outros 18 na rede privada.

Até esta segunda-feira, Santa Catarina estava com 64,8% do total de leitos ocupados, sendo 9,7% por Covid-19.

Na Grande Florianópolis do total de 253 leitos ativos 78,7% estão ocupados. Do total de leitos, 13,8% estão ocupados por Covid-19, enquanto que outras enfermidades representam 64,8% e os livres somam 21,3%.

O Planalto Norte e Nordeste e a Grande Florianópolis são as duas regiões com as maiores taxas de ocupação no Estado. Ontem, a primeira tinha 47 internações de Covid-19 com uma taxa de 13,9% dos leitos UTI Covid SUS disponíveis. Na sexta-feira, eram 36 pacientes, índice de 10,7% de leitos disponíveis.

Na Grande Florianópolis, o crescimento foi menos expressivo, porém tem uma taxa de ocupação de 13,8%, com 35 pessoas internadas.

Nível de risco alto

Outra grande preocupação é que a Grande Florianópolis e a Região Carbonífera voltaram ao nível de risco alto (cor amarela) de contágio. A informação está no relatório da matriz de risco potencial regionalizado divulgado no último sábado (8) pela secretaria de Estado da Saúde.

No que se refere aos registros de casos leves, hospitalizações e óbitos de Covid-19, o relatório apontou que na capacidade de atenção, as regiões Nordeste e Grande Florianópolis foram classificadas no nível alto (ocupação de 36% e 22%, respectivamente), enquanto as demais foram classificadas no nível moderado, com taxas de ocupação abaixo de 20%.

Em entrevista na manhã desta segunda-feira (10) ao SC no Ar, da NDTV, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, descartou a adoção de novas regras de combate à pandemia da Covid-19 em Santa Catarina.

“O que tínhamos de colocar de regras, já colocamos. As portarias da Saúde são muito claras. Não há nada de novo por enquanto. Criar novas regras, se as que já estão postas não são cumpridas, não faz sentido”, argumentou.

Fonte: ND Mais 

Jovem é morto a tiros em Santa Rosa do Sul Próximo

Jovem é morto a tiros em Santa Rosa do Sul

Assinada a ordem de serviço da cobertura da quadra esportiva da escola da Caçamba Anterior

Assinada a ordem de serviço da cobertura da quadra esportiva da escola da Caçamba

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.