• Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Saúde
  3. SC vai autorizar aplicação da 2ª dose de reforço contra a Covid-19 em idosos acima dos 70 anos

Saúde

SC vai autorizar aplicação da 2ª dose de reforço contra a Covid-19 em idosos acima dos 70 anos

Até então, a segunda dose de reforço era recomendada apenas para idosos acima de 80 anos.

Santa Catarina vai seguir a orientação do Ministério da Saúde e autorizar a aplicação da segunda dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em idosos de 70 ou mais. Os municípios que tiverem doses disponíveis nos estoques estarão autorizados a aplicar a dose.

Até então, a segunda dose de reforço era recomendada apenas para idosos acima de 80 anos.

Nesta segunda-feira (2), o Ministério da Saúde publicou uma nota técnica em que recomenda a aplicação de uma segunda dose de reforço para idosos acima de 70 anos — na prática, para quem recebeu os imunizantes Pfizer, CoronaVac ou AstraZeneca, esta será a quarta dose.

O intervalo mínimo deverá ser de quatro meses a partir do primeiro reforço (terceira dose). A recomendação é indicada também para pessoas acima de 60 anos que vivem em instituições permanentes.

A SES (Secretaria de Estado da Saúde) informou que a área técnica da pasta está definindo os fluxos da vacinação e um comunicado oficial deve ser divulgado em breve.

Uma vez que o Ministério da Saúde não enviou doses da vacina da Pfizer, a alternativa será aplicar os imunizantes da Janssen e da Astrazeneca.

Casos ativos de Covid-19

Os casos ativos de Covid-19 subiram 26% em Santa Catarina em relação à última semana e há 18 municípios em alerta máximo para a doença, segundo a matriz de alerta epidemiológica do Estado atualizada nesta segunda.

Nos últimos sete dias foram notificados 5.820 novos casos da doença, o que fez a média subir de 675 para 831 registros diários ao final da semana dos dias 23 a 29 de abril.

A nova matriz de alerta epidemiológico de Covid-19 do Estado classifica os municípios por alerta baixo, médio e alto para a doença. Entre os indicadores analisados estão as taxas de incidência de casos de Covid-19 e de casos hospitalizados de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) na semana anterior, além das coberturas vacinais.

Fonte: ND Mais

Universitário Araranguaense morre em acidente na BR-101 em Paulo Lopes Próximo

Universitário Araranguaense morre em acidente na BR-101 em Paulo Lopes

Buraco na BR-101 em Santa Rosa do Sul deixa trânsito em meia pista Anterior

Buraco na BR-101 em Santa Rosa do Sul deixa trânsito em meia pista

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.