• Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Segurança
  3. Comércios e postos em rodovias de SC são investigados por exploração sexual de crianças

Segurança

Comércios e postos em rodovias de SC são investigados por exploração sexual de crianças

Operação Parador 27 ocorre de 2 a 18 de maio em todas as regiões do Estado.

A Polícia Militar realiza a Operação Parador 27 para combater a exploração sexual de crianças e adolescentes em todas as regiões de Santa Catarina. O foco será a fiscalização das rodovias federais, estaduais e ruas próximas, do dia 2 a 18 de maio.

Além de receber denúncias da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, os esforços estão concentrados no desenvolvimento de ações de inteligência policial, preventivas e repressivas, para impedir a violência contra menores.

Segundo a PM, são realizadas diversas ações de abordagens em estabelecimentos comerciais, com indicativos de exploração sexual de crianças e adolescentes, fiscalizações de alvarás, verificação no entorno de postos de combustíveis e também nas proximidades de lojas de conveniência.

Lei de SC contra exploração sexual

Na última quarta-feira (4) foi sancionada uma lei para combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em Joinville, no Norte de Santa Catarina.

O prefeito Adriano Silva sancionou a Lei 9.163, que cria a Semana e a Política Municipal de prevenção e combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

De autoria do vereador Brandel Junior, o projeto de lei tramitou nas comissões de Legislação e de Cidadania, e foi aprovado por unanimidade no Plenário da Câmara de Vereadores de Joinville.

“Esta lei motiva o debate para um tema muito importante, que é o combate à exploração e ao abuso sexual de crianças e adolescentes. É responsabilidade de todos nós mobilizar os esforços necessários para que isso não aconteça mais”, diz o prefeito.

Exploração sexual de crianças e adolescentes é alvo de operação em Santa Catarina – Foto: PCSC/Divulgação/ND

A lei estabelece a realização da semana municipal de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes na segunda quinzena de maio, em alusão ao dia 18, que destaca a causa nacionalmente.

Além disso, instituiu uma política municipal para coibir práticas de violência ou exploração sexual de crianças e adolescentes, reforçando as iniciativas a serem realizadas junto às redes de educação, saúde e assistência social, além do fortalecimento da rede de proteção.

Por fim, a legislação estimula que o tema seja trabalhado com destaque junto às unidades de Rede Municipal de Ensino, contemplando alunos, pais, professores, profissionais da área e comunidade.

Fonte: ND Mais 

Governo do estado publica decreto para frear aumento de casos de dengue Próximo

Governo do estado publica decreto para frear aumento de casos de dengue

Família faz campanha para conseguir cadeira elevatória Anterior

Família faz campanha para conseguir cadeira elevatória

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.