• Segunda-feira, 15 de Abril de 2024
  1. Home
  2. Segurança
  3. Finalizada a Operação Veraneio no litoral sul catarinense neste ano

Segurança

Finalizada a Operação Veraneio no litoral sul catarinense neste ano

Todos os postos de guarda-vidas estão desativados


O 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4º BBM) de Criciúma finalizou mais uma Operação Veraneio nas praias do litoral sul catarinense. A temporada 2023/24 se destacou pelo alto número de prevenções, mais de 850 mil registradas entre 15 de novembro de 2023 até 31 de março de 2024.

A partir de agora todos os 77 postos de guarda-vidas das praias de Balneário Rincão, Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Morro dos Conventos e Passo de Torres, estão desativados.

“É importante que as pessoas fiquem atentas que nossos guarda-vidas não estão mais prestando serviço, então agora o cuidado deve ser redobrado”, ressaltou o comandante do 4º BBM, tenente-coronel Henrique Piovezam da Silveira.

Segundo o subcomandante do 4º BBM, major Renan Fernandes, com a chegada do outono, além da água fria e dos dias chuvosos, as praias ficam sem banhistas, e fica inviável manter guarda-vidas diariamente.

“O serviço de salvamento aquático será retomado no mês de novembro, quando inicia-se a próxima operação veraneio.

Ao decorrer desse ano o foco é alinhar o que acertamos e melhorar ainda mais nosso serviço para a próxima temporada, buscando prevenir e evitar qualquer tipo de acidente", destaca.

Na área do 4º BBM, mais de 200 guarda-vidas, entre militares e civis, prestaram atendimento aos banhistas em cerca de 80 quilômetros de orla.

A Operação Veraneio acontece em todo o litoral catarinense e é a maior operação realizada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC).

Projeto Golfinho

Nesta temporada mais de 650 crianças foram formadas no Projeto Golfinho nas praias pertencentes ao 4° BBM.

O programa visa formar os pequenos por meio de brincadeiras e jogos coletivos, para a prevenção de acidentes em ambientes aquáticos.

“O projeto promove a conscientização coletiva, pois cada criança que participa da ação, compartilha entre os familiares o que aprendeu, gerando um impacto grande no comportamento da comunidade na interação com a água”, enfatiza o tenente-coronel Henrique.

Fonte: Assessoria de Comunicação CBMSC

 

Aulas de defesa pessoal para mulheres completam um ano em Araranguá Próximo

Aulas de defesa pessoal para mulheres completam um ano em Araranguá

Polícia Militar prende em Sombrio homem por descumprimento de medida protetiva contra sua irmã Anterior

Polícia Militar prende em Sombrio homem por descumprimento de medida protetiva contra sua irmã

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.