• Segunda-feira, 16 de Maio de 2022
  1. Home
  2. Segurança
  3. Mulher é estuprada após conhecer homem pela internet em SC

Segurança

Mulher é estuprada após conhecer homem pela internet em SC

À polícia, homem denunciado afirma que a relação foi consensual; fatos ocorreram em Lontras.

Um homem de 36 anos, morador de Lontras, foi preso na noite de sábado (7), por suspeita de estupro. A mulher, de 35, disse à polícia que estava morando com ele há uma semana, após conhecê-lo por uma rede social. Mas o sonho, segundo ela, acabou em pesadelo. Ele teria forçado a vítima a praticar atos sexuais através de violência. O denunciado nega a agressão.

A moradora de Lontras, que havia se separado recentemente, conheceu a nova pessoa através de uma rede social. O clima rolou e tudo estava indo bem. Tanto que ela decidiu sair da casa que morava, em Agronômica, para morar com ele em Lontras.

Mas em uma das relações sexuais, após uma semana de convivência, ela se sentiu desconfortável e resolveu interromper a intimidade. A negativa não foi suficiente, segundo denunciado à Polícia Civil. A relação, que começou consensual, teria terminado em estupro.

Denúncia ocorreu em Agronômica

Os fatos foram relatados à Polícia Militar no sábado (7). Após o suposto abuso sexual, ela voltou para a casa, em Agronômica, e procurou as autoridades para registrar o Boletim de Ocorrência.

Segundo o delegado, Luís Ricardo Erckmann, que está conduzindo as investigações, o homem alegou que a relação foi consentida. Em depoimento, ele afirmou que a denúncia ocorreu porque ela ficou com raiva após ele romper o relacionamento. Ainda conforme relatório da Polícia Civil, a vítima tem três filhos de 7, 10 e 12 anos.

Relação que começa consentida e termina com negativa também é estupro

O artigo 213 caracteriza o estupro como “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar, ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”. Conforme o delegado, muito além da mulher estuprado em um beco por uma pessoa desconhecida, diferentes situações podem ser enquadradas como estupro.

“Se a relação não foi consentida presume-se que foi forçada, que pode caracterizar o estupro. O fato de constranger com o emprego de violência ou ameaça para realizar o ato sexual também configura o crime. No caso dele, com base no relato dela, seria estupro e violência”, explica a autoridade policial.

Se estupro for confirmado, pena é de 6 a 10 anos de prisão

Um IP (Inquérito Policial) será aberto para a investigação do caso. Segundo o delegado, serão juntados os documentos, laudos e depoimentos da vítima e do possível agressor. Eles serão remetidos ao fórum e, se for condenado, o homem está sujeito a pena de 6 a 10 anos de prisão.

Fonte: ND Mais

Mobilização contra a chuva: Governador Carlos Moisés comenta sobre Próximo

Mobilização contra a chuva: Governador Carlos Moisés comenta sobre

SC confirma primeiro caso de hepatite infantil ‘misteriosa’ presente em 20 países; veja onde Anterior

SC confirma primeiro caso de hepatite infantil ‘misteriosa’ presente em 20 países; veja onde

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.