• Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021
  1. Home
  2. Saúde
  3. Coronavírus em SC: 70% das cidades não registram mortes por Covid-19 em setembro

Saúde

Coronavírus em SC: 70% das cidades não registram mortes por Covid-19 em setembro

Das 295 cidades catarinenses, 204 não registraram óbitos no mês de setembro.

A vacinação contra a Covid-19 mais uma vez prova ser eficiente no combate aos casos graves e óbitos pelo coronavírus. Nessa segunda, dia 20, data em que o estado alcançou a marca de 50% da população adulta vacinada com as duas doses da vacina, registra-se também redução no número de óbitos pela doença. Das 295 cidades catarinenses, 204 não registraram óbitos no mês de setembro. Esse número representa cerca de 70% de todo o estado.

Apenas 91 municípios tiveram mortes por Covid-19 até a última sexta-feira, dia 17. Algumas cidades, além disso, não registram morte há muito mais tempo. É o caso de Ibiam, Irati, Lacerdópolis, Lajeado Grande, Leoberto Leal, Nova Itaberaba, Salto Veloso e São Bonifácio, que não têm óbitos desde o mês de março. Cunhataí e Presidente Castello Branco, da mesma forma, não observaram novas mortes por Covid-19 desde fevereiro.

Uma situação ainda melhor são as dos jovens municípios de Santiago do Sul, Capão do Alto e Bocaina do Sul, que desde o ano passado não têm mortes pelo Coronavírus. Capão do Alto, por exemplo, registrou sua última morte no dia 24 de novembro de 2020. É o município que há mais tempo não tem óbitos causados pelo vírus.

"Quanto mais se vacina, melhores são os números, é o que nós percebemos. Estamos diminuindo o número de óbitos e o número de casos confirmados a cada semana. Cada passo é importante para sairmos da pandemia. E iremos sair.", assinalou o secretário da Saúde André Motta Ribeiro.

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina

Ricardo Ghellere começa a colocar o bloco na rua para 2022 Próximo

Ricardo Ghellere começa a colocar o bloco na rua para 2022

Trânsito de SC está entre os piores no ranking de acidentes e mortes do Brasil Anterior

Trânsito de SC está entre os piores no ranking de acidentes e mortes do Brasil

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.