• Domingo, 20 de Junho de 2021
  1. Home
  2. Agronegócio
  3. Diferentes âmbitos do agronegócio ganham destaque em evento da Unesc Araranguá

Agronegócio

Diferentes âmbitos do agronegócio ganham destaque em evento da Unesc Araranguá

Painéis ao longo de todo o dia discutiram a temática entre lideranças e pesquisadores (Fotos: Reprodução)

As mais atuais temáticas que envolvem o agronegócio estiveram em pauta nesta quarta-feira (12/5) ao longo de todo o dia no evento “Desafios do Agronegócio”, promovido pela Unesc Araranguá. A ação reuniu lideranças, empreendedores, pesquisadores e toda a comunidade em torno do debate de diferentes âmbitos do assunto com foco no desenvolvimento.

Em torno dos eixos protagonismo, gestão, empreendedorismo e inovação a Unesc reuniu, em quatro painéis, quase 20 convidados referências nos temas abordados. Os debates foram divididos entre as temáticas Gestão do agronegócio; Inovação e mercado - novos conhecimentos para o agronegócio; O protagonismo da mulher no agronegócio, e Fontes de fomento para o agronegócio.Para a diretora da Unesc Araranguá, Izabel de Souza, debater temas relevantes para o setor é uma maneira de colaborar com toda a cadeia que envolve a atividade. “Estamos muitos felizes por falar do agronegócio, tema tão latente e tão importante para o desenvolvimento do Extremo Sul”, destacou.

Desafios do setor em transformação

A primeira atividade do painel, que tratou sobre a “Gestão do Agronegócio”, uma das grandes questões do setor agropecuário, teve a mediação do professor doutor da Unesc, Dimas de Oliveira Estevam. Segundo ele, a gestão é de vital importância para que os negócios agrícolas prosperem. “Os nossos empreendimentos rurais ainda apresentam muita carência da gestão. A parte da produção já está mais resolvida que a gestão propriamente e por isso a importância deste tema ser posto em debate”, comentou.

O professor da Unesc ainda levantou outros pontos que são desafios para o setor, como a permanência do jovem no meio rural e a busca pelo conhecimento e adequação aos novos tempos. “O mundo está em constante transformação e os agricultores têm que acompanhar este movimento, buscando conhecimento para se atualizar e inovar. Temos um consumidor cada vez mais exigente e que quer saber as informações do que está comprando e está disposto até a pagar mais por produtos nos quais confia”.

Durante o encontro virtual, o engenheiro agrônomo e gerente regional da Epagri, Edson Borba Teixeira, apresentou a Epagri e abordou as principais tendências para a agricultura, enfatizando duas delas: a crescente demanda por ferramentas de gestão para subsidiar as tomadas de decisão e a ampliação do nível de profissionalismo e escolaridade dos agricultores. Para ilustrar, trouxe o relato de experiência em uma propriedade rural de São João do Sul, na qual o melhoramento da pastagem e das vacas leiteiras colaboraram para baixar os custos da produção de leite.

O engenheiro agrônomo e gestor do Departamento Regional da Cidasc, Daniel Remor Moritz, apresentou o trabalho realizado pela Cidasc e pontuou a posição de destaque do Estado na produção agropecuária nacional. “Santa Catarina, com apenas 1,1% do território nacional, é o quinto maior produtor de alimentos do país. O setor agro gera 700 mil empregos diretos e indiretos e é responsável por 31% do PIB. A agricultura é um serviço essencial para a sociedade e o produtor rural não parou durante a pandemia”.  Segundo ele, alguns dos desafios dos produtores é saber como administrar o negócio, estar conectado às tendências e ficar atento às oportunidades para agregar valor ao produto.

Já o técnico agrícola e gerente da Associação dos Revendedores de Agroquímicos do Sul (Arasul), Dion Elias, apresentou a história da associação, que existe desde 2002 e que desde 2004 possui uma central de recebimento de embalagens vazias, em Araranguá. “Nosso trabalho é de educação e orientação aos produtores sobre a limpeza e descarte das embalagens e também de defesa do meio ambiente, já que recebemos as embalagens vazias de agroquímicos e damos a destinação correta”.

Encontro de grandes nomes

Quem acompanhou a transmissão realizada pelo canal da Unesc TV teve a oportunidade de ouvir e participar de um encontro de elevado nível de discussões. Os assuntos levantados, com dados, experiências e opiniões de quem entende da temática, resultaram em conclusões e questionamentos pertinentes a serem respondidos.

Ainda durante a tarde quem compartilhou conhecimentos no evento foi o doutor em agronegócios, professor da Unesc e docente visitante no Instituto de Administração em Lisboa, Miguelangelo Gianezini; o Engenheiro agrônomo responsável técnico da Startup Agrize, Gustavo Bachmann e o diretor corporativo da Cooperativa Agroindustrial Cooperja, Vinícius Cechinel de Moraes. O encontro foi mediado pelo Assessor de Inovação na Unesc e estrategista de Negócios na SDI, Christian Engelmann.

À noite o debate ficou por conta, no primeiro momento, da pós-doutora em políticas públicas, professora adjunta da UFSC e co-fundadora da Associação de Agroturismo Acolhida na Colônia, Thaise Costa Guzzatti; da engenheira agrônoma, mestre em Zootecnia e presidente da Epagri, Edilene Steinwandter e da empreendedora no ramo de massas e produtos a partir de insumos provenientes do agronegócio, Ângela Líria Donida Polli, sob mediação da professora doutora em Agronegócio e coordenadora do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico da Unesc, Melissa Watanabe.

Para finalizar o evento, as fontes de fomento para o agronegócio foram debatidas entre o engenheiro agrônomo e gerente do Departamento Regional do Sul da FINEP, João Florêncio da Silva; o engenheiro agrônomo e gerente regional no Oeste Catarinense do BRDE, Paulo Cesar Antoniollo; o técnico em agropecuária, graduado em Ciências Contábeis e Direito e diretor executivo do Sicoob Credija; André Boda Ronconi; e a técnica em agropecuária, engenheira de produção e analista de Crédito da Credsulca, Amanda Vicentin Darabas.

O último encontro foi mediado pelo jornalista e setorista de agronegócio da Rádio Eldorado de Criciúma, Silmar Vieira.

Todo os painéis transmitidos podem ser acessados no link:

https://www.youtube.com/watch?v=-j7vfa68qWc

Fonte: Assessoria de Comunicação - UNESC 

APAE de Balneário Gaivota faz campanha para construção de sede Próximo

APAE de Balneário Gaivota faz campanha para construção de sede

ACIVA se mobiliza pela manutenção dos recursos para a Serra da Rocinha Anterior

ACIVA se mobiliza pela manutenção dos recursos para a Serra da Rocinha

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.