• Domingo, 16 de Junho de 2024
  1. Home
  2. Uaaau Show
  3. Espetáculo 'Arroz e Feijão em: Colapso no Sistema' encanta crianças de Jacinto Machado

Uaaau Show

Espetáculo 'Arroz e Feijão em: Colapso no Sistema' encanta crianças de Jacinto Machado

Crianças e adultos se divertiram com a apresentação da peça teatral "Arroz e feijão em: Colapso no Sistema", no salão da Igreja de Jacinto Machado, na segunda-feira, dia (30). O projeto está sendo possível graças à Cooperja, Celesc e Farben, que através da dedução do ICMS, formam esta parceria, proporcionando acesso à arte em 45 cidades das regiões da AMREC, AMESC e AMUREL.

O município abriu oficialmente o Projeto de circulação de teatro produzido pelo Grupo Teatro Revirado através do Programa de Incentivo à Cultura de Santa Catarina (PIC), que oferece oportunidade aos grupos artísticos de desenvolverem seus trabalhos, beneficiando diretamente o público que recebe arte do teatro de forma gratuita.

Mais de 500 crianças de várias escolas do município assistiram os dois espetáculos pela manhã e tarde de forma gratuita. Eles interagiram animados com a produção bem humorada passando a importância de termo uma alimentação nutritiva, saudável, onde os detetives Arroz e Feijão tem a missão de desvendar quem está por trás dos misteriosos crimes que estão ocorrendo dentro do corpo humano. Para facilitar a acessibilidade a apresentação teve uma tradutora de Libras.

Amanda Mezzari da Rosa, 9 anos, aluna do terceiro ano da Escola Municipal Albino Zanatta adorou todos os personagens da peça: “É a primeira vez que assisto um teatro e queria poder ver mais,” comentou a menina. Ela lembrou que gosta, acha importante e come sempre arroz e feijão.

“Eu como salada e arroz com feijão todos os dias e gostei muito do teatro”, disse o estudante da Escola Especial da Apae, Maicon da Silva Nazário de 37 anos.

Presidente da Cooperja Vanir Zanatta, vice presidente Antonio Moacir De Noni, Diretor de B2B, Carlos Roberto Wilk, Diretor Corporativo Vinícius Cechinel de Moraes, Diretor de Varejo Diego Paganini e demais gerentes de setor estiveram prestigiando o lançamento do projeto na cidade.

Segundo Carlos Roberto Wilk, o projeto foi idealizado pela Cooperja no início do ano 2000, a ideia era fazer um resgate da cultura do principal prato brasileiro o arroz com feijão. “Em 2015 voltamos com a ideia e conversamos com o Cirquinho do Revirado que abraçou o projeto e foram feiras várias apresentações (nas cidades) no Sul de SC e no norte do RS, foi um espetáculo de bastante repercussão e sucesso por onde passou. Agora com o incentivo do governo, através do PIC, foi inscrito e aprovado esta nova turnê. Agradecemos todos que participam e apoiam esse projeto. Estamos resgatando a cultura do principal prato brasileiro arroz e feijão, e incentivando as novas gerações a consumirem um alimento de alta qualidade nutricional”, destaca Wilk.

O espetáculo acontecerá em duas temporadas: a primeira vai até o dia 14 de dezembro, e a segunda começa no início do ano letivo, em fevereiro de 2024. Para este ano serão 18 cidades que receberão o projeto todas dois dias da semana em dois períodos, matutino e vespertino.

SOBRE A PEÇA – Os detetives Arroz e Feijão tem uma nova missão. Eles devem desvendar quem está por trás dos misteriosos crimes que estão ocorrendo dentro do corpo humano. Com muitas músicas, teatro de bonecos e ação, quatro atores levam o público a uma viagem pelo universo dentro de mim. Com as metáforas dessa peça enaltecemos a importância do Arroz e do Feijão para uma alimentação saudável através da educação nutricional.

Além das apresentações serem gratuitas, o projeto também prevê a distribuição de 10 mil Gibi/livro da história Arroz e Feijão em: Colapso no Sistema.

O Grupo Teatro Revirado tem mais de 25 anos de existência com diversos prêmios e honrarias conquistados.

Fonte: Assessoria de Comunicação - COOPERJA

Política à moda antiga está voltando  Próximo

Política à moda antiga está voltando

Feriado prolongado de Finados deve levar mais de 680 mil motoristas à BR-101 no Sul de SC Anterior

Feriado prolongado de Finados deve levar mais de 680 mil motoristas à BR-101 no Sul de SC

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.