• Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
  1. Home
  2. Acelera Extremo Sul
  3. Extremo Sul catarinense passa a integrar o projeto Recuperar

Acelera Extremo Sul

Extremo Sul catarinense passa a integrar o projeto Recuperar

Mais uma associação de municípios passa a integrar o projeto Recuperar, iniciativa do Governo do Estado para manutenção da malha rodoviária estadual em parceria com os municípios. Na tarde desta terça-feira, 16, o Consórcio Cimgepa, que congrega os municípios do Extremo Sul catarinense (Amesc), assinou o convênio com o Governo para o recebimento de R$ 3,7 milhões, divididos em dez parcelas.

O governador Carlos Moisés recebeu os prefeitos da região na Casa D´Agronômica para assinatura. Dessa forma, 15 das 21 associações de municípios fazem parte de consórcios que já aderiram formalmente ao projeto Recuperar. Ao todo, os convênios firmados até aqui somam R$ 32,6 milhões.

“Esse é um projeto municipalista em sua essência. Vamos repassar os valores e os próprios prefeitos escolhem as prioridades que serão atacadas primeiramente. A manutenção rodoviária é fundamental para garantirmos maior tempo de uso para as nossas estradas, por i9sso, fazemos questão de deixar claro que o Estado não está se eximindo de suas responsabilidades. Nossa preocupação é em agilizar a manutenção”, diz Moisés.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, afirma que esse é mais um importante passo na consolidação do projeto municipalista de manutenção rodoviária:

“Temos avançado bem na parte de conservação. A região da Amesc confirma a boa adesão ao projeto, e agora poderemos trabalhar a malha viária do Extremo Sul do nosso Estado. O investimento em infraestrutura segue como prioridade e essa assinatura é mais um sinal nesse sentido”.

Prefeitos aprovam parceria com o Estado

Na opinião do presidente do Cimgepa, e prefeito de Turvo, Tiago Zilli, a ideia do projeto é interessante, pois os gestores municipais conhecem melhor a realidade de cada região, o que faz com que saibam melhor como aplicar os recursos.

“A população cobra e com razão. Os prefeitos já vinham realizando esse serviço, e agora, com a parceria do Estado, passaremos a ser remunerados. Tenho certeza que esse é um modelo que vai dar certo. Manter nossas rodovias era um anseio dos prefeitos”, diz Zilli.

O deputado estadual José Milton Scheffer participou da celebração do convênio e afirmou que, por muito tempo, o Estado não deu a devida atenção à manutenção rodoviária. Agora, com o Projeto Recuperar, essa realidade muda.

“Esse é um projeto criativo que tem aplicado um volume significativo de recursos nas nossas rodovias, e já começamos a notar os efeitos quando vamos ao interior do Estado. O resultado virá ainda mais no médio prazo. Historicamente, o Estado fazia uma rodovia e abandonava, diminuindo a sua vida útil. Com manutenção adequada, vamos economizar muitos recursos”, destaca Scheffer.

Também participaram do ato na Casa D´Agronômica o deputado estadual Rodrigo Minotto e os prefeitos de Balneário Gaivota, Ronaldo Pereira da Silva, que também é presidente da Amesc,  e de Timbé do Sul, Roberto Biava.

Turvo recebe R$ 5 milhões de investimento Próximo

Turvo recebe R$ 5 milhões de investimento

Homem Pássaro no céu de Araranguá Anterior

Homem Pássaro no céu de Araranguá

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.