• Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020
  1. Home
  2. Bem estar
  3. Escutar, Acolher e Compreender

Bem estar

Escutar, Acolher e Compreender

A campanha de prevenção ao suicídio começou no Brasil em 2014, desde então a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo, onde o dia 10 deste mês é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Segundo a uma entrevista realiza a psicóloga, especialista em Gestão de Pessoas e Psicodrama Sigrid Luciane Luchtemberg Mota destaca “A campanha tem objetivo de alertar e conscientizar a população para o problema e tornar uma condição de saúde pública. Surge para mostrar que o problema existe e buscar estratégias de acolhimento e orientação para a busca de tratamento, os cuidados com a prevenção ao suicídio deve acontecer durante o ano todo, os dados mostram que o suicídio é uma grande causa de morte no mundo.”

Muitas pessoas se perguntam o motivo de terem escolhido a cor amarela para representar a causa, mas poucos sabem da resposta. Em 1994, um jovem de 17 anos chamado Mike Emme, que morava com os seus pais em Westminster, cidade no Colorado, nos Estados Unidos, se matou dentro de seu Ford Mustang 1968, Amarelo. O Mustang Amarelo, segundo os amigos de Mike, era seu principal passatempo. Depois de sua morte foi descoberto que Mike tinha sinais de depressão e não estava sabendo lidar com um término de um namoro. 

Por isso, durante o enterro, os seus pais distribuíram cartões com fitas amarelas para todos os que estavam presentes. No cartão estava escrito a frase “se você está pensando em suicídio, entregue este cartão a alguém e peça ajuda!”. Uma pessoa que estava no funeral espalhou os cartões pela cidade, e em semanas os pais de Mike começaram a receber ligações de pessoas de todo o estado pedindo ajuda. Pouco tempo depois a iniciativa ganhou repercussão nacional.

A OMS destaca que o isolamento social, o medo de contágio e a perda de membros da família são agravados pelo sofrimento causado pela perda de renda e, muitas vezes, de emprego desenvolvendo em consequência isso quadros de depressão e ansiedade, “os índices no Brasil crescem cada vez mais, e com a pandemia aumentou a busca por tratamento nos casos de ansiedade e depressão.  E quando não tratados podem ser fatores de risco para o suicídio” Acrescenta Sigrid.

Com base nisso, Nós da Uaaau frisamos a importância da busca por atendimento especializado nos primeiros sintomas, pois saúde mental é um assunto sério e requer cuidados especiais. A Psicóloga Sigrid Mota ainda deixa um recado “Prevenção sempre é a melhor opção, buscar o autocuidado e a qualidade de vida, o caminho para o bem estar está no cuidado com a saúde emocional, física e social. Como sugestão surgem as atividades como fazer psicoterapia, e ainda alimentação saudável, atividade física frequente, momentos de relaxamento, e fortalecimento de vínculos saudáveis na vida”.  

 

 

Mulher é vítima de homicídio no Arroio do Silva Próximo

Mulher é vítima de homicídio no Arroio do Silva

Scaini e Scarsanella serão homologados no domingo Anterior

Scaini e Scarsanella serão homologados no domingo

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.