• Segunda-feira, 25 de Outubro de 2021
  1. Home
  2. Geral
  3. Em Araranguá, Matheus Cardoso dos Santos recebe moção de reconhecimento

Geral

Em Araranguá, Matheus Cardoso dos Santos recebe moção de reconhecimento

A noite desta segunda-feira (20) foi marcada por homenagem, emoção e muito reconhecimento. O fisioterapeuta da Seleção Brasileira de Vôlei, Matheus Cardoso dos Santos, que viveu parte de sua vida em Araranguá, teve moção de reconhecimento aprovada na Câmara de Vereadores de Araranguá. A autora da proposição foi a vereadora Lena Périco (MDB).

Nascido em Turvo, o esportista viveu em Araranguá durante sua infância e adolescência, pois seu pai, Aurélio Cardoso, atuava como promotor de justiça. O esportista permaneceu na cidade até se aventurar no ramo esportivo, como jogador de futebol.

A vereadora autora da proposta, em sua fala destacou o envolvimento de Matheus com Araranguá. “No período que ele viveu aqui ele frequentou escolinhas como a do Zé Édio, estudou no Murialdo e no Futurão e aqui ele fez uma série de amigos que leva consigo até os dias atuais. Ele está sempre em nossa cidade, pois seu coração ainda pulsa aqui e esse trabalho tão belo prestado por ele nos orgulha e merece o reconhecimento da cidade de Araranguá”, defendeu Lena.

O homenageado agradeceu a lembrança da vereadora. “Agradeço a Lena que apresentou essa proposta e aos demais vereadores, me sinto muito honrado em receber essa moção, pois aqui vivi parte da minha vida, aqui fiz muitos amigos e tenho um enorme carinho por essa cidade”, disse.

Trajetória

A vida de Matheus no esporte profissional iniciou aos 17 anos quando entrou para o time de base do Figueirense, depois em 1995 jogou no time de base do AEC, em 1997, aos 19 anos, foi para o Rio de janeiro integrar a seleção de base do Vasco da Gama, e em 1999 retornou para Santa Catarina para encerrar a carreira como jogador profissional de futebol no Inter de Lages.


Após passar pelo esporte profissional ele em 2000 ingressou na faculdade de fisioterapia, atuando no projeto de reabilitação esportiva da Udesc, sendo que em 2005, começou a atuar em Florianópolis, caminho que o levou em 2012 para a Seleção Brasileira Masculina de vôlei sub-23 e em 2015 para a Seleção Masculina B e posteriormente em 2017 para a Comissão Técnica da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Câmara de Vereadores de Araranguá

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.331 casos, 1.145.374 recuperados e 19.098 mortes Próximo

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.169.331 casos, 1.145.374 recuperados e 19.098 mortes

Prefeitura de Maracajá inicia revisão do Plano Diretor Participativo Anterior

Prefeitura de Maracajá inicia revisão do Plano Diretor Participativo

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.