• Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. HRA inicia consultoria com especialista em UTI Neonatal para modernizar e expandir atendimentos

Imprensa livre

HRA inicia consultoria com especialista em UTI Neonatal para modernizar e expandir atendimentos

Instituto Maria Schmitt-IMAS em parceria com o Governo do Estado pretende dobrar o número de leitos que atualmente é de cinco vagas

O Hospital Regional de Araranguá deu um importante passo para a implantação de melhorias, padronização de atendimentos e ampliação de sua UTI Neonatal. Uma reunião que contou com a participação de médicos do Hospital da PUC de Porto Alegre foi realizada no início da semana nas dependências do HRA e serviu para alinhar os investimentos que serão feitos no setor. O primeiro deles será a qualificação dos profissionais e mudanças na rotina de atendimento.
Participaram do encontro o professor coordenador do serviço de neonatologia do Hospital São Lucas da PUCRS, dr. Humberto Holmer Fiori e a dra. Maria Letícia Simon, pediatra e residente de neonatologia. A unidade tem os melhores resultados no que se refere a mortalidade e morbidade entre hospitais universitários de excelência do Brasil, uma das mais antigas do país na especialidade.

Segundo o Presidente do Conselho Administrativo do IMAS, Dr Robson Schmitt a reunião resultou em avanços significativos. “Em conversa com Dr. Humberto e a Dra. Maria detectamos a possibilidade de juntos implementarmos rotinas baseadas nas melhores praticadas de UTI Neonatal aqui no Hospital Regional de Araranguá e assim elevar o padrão de qualidade na assistência aos recém-nascidos da região Sul do estado” informou.

Atualmente o HRA conta com 05 leitos de UTI Neonatal e com a aprovação do estado pretende ampliar para 10 o número de vagas. A ideia é iniciar um movimento que proporcione aos colaboradores do HRA o conhecimento e experiência de uma equipe de um grande centro especializado em UTI Neonatal sob orientação do dr. Humberto, que deverá apresentar e fixar rotinas de condutas aos profissionais envolvidos, estabelecer protocolos adequados e padronizar com conhecimento técnico e ainda mais segurança.

Dr. Humberto que é considerado um dos ícones da neonatologia no Sul do país, fez elogios a estrutura e organização da UTI Neonatal do Hospital Regional de Araranguá. “Visitando pela primeira vez Araranguá e o Hospital Regional, fiquei impressionado com o profissionalismo das pessoas que aqui atuam. Estão em busca de meios para qualificar o serviço que já é bastante organizado. Fica evidente a necessidade de expansão dos leitos da unidade que acaba atendendo bebês além de sua obrigação, demonstrando uma grande preocupação em não deixar a população sem assistência. Trouxe de volta a impressão de que a assistência na área neonatal terá grandes progressos em um futuro próximo,” afirmou otimista.

Segundo a gerente de projetos do HRA, Patricia Paladini, o principal objetivo do encontro foi apresentar o serviço para o especialista Dr. Humberto e iniciar uma parceria que resulte na parametrização do serviço e atendimento, resultando em maior qualidade e segurança para a população” explicou.

Na opinião do Presidente do IMAS, Ricardo Ghelere iniciativas como está são de extrema importância e representam um zelo com a vida. “Bebês prematuros já necessitam de cuidados e atenção especiais, mas bebês prematuros extremos demandam um zelo, empenho e protocolos específicos e multiprofissionais, além de toda tecnologia disponível na UTI Neonatal, para sua condição. Gestações de alto risco são as que maior têm chance de prematuridade. Investir na qualificação deste setor e em melhorias é garantir o direito à vida e isso é um compromisso nosso” explicou.

Ainda estiveram presentes na reunião o diretor do Hospital Regional, Rafael Bonfada, e o Diretor Técnico, Dr. Eduardo Ali.

Perfil

Doutor Humberto Holmer Fiori é um dos maiores nomes da Neonatologia do país. Formado em medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, tem especialização em Neonatologia, mestrado em Medicina Pediatria e Saúde da Criança, doutorado em Medicina e Ciências da Saúde. O pesquisador trabalha atualmente como professor/orientador ministrando disciplinas na área de medicina (materno-infantil) no curso de Medicina da Escola de Medicina da PUCRS e no Programa de Pós-graduação em Pediatria e Saúde da Criança da PUCRS.

Cooperja e Ihara doam cestas básicas e beneficiam 700 famílias Próximo

Cooperja e Ihara doam cestas básicas e beneficiam 700 famílias

Rotina alterada na saúde diante da pandemia Anterior

Rotina alterada na saúde diante da pandemia

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.