• Sexta-feira, 23 de Abril de 2021
  1. Home
  2. Saúde e estética
  3. Para não coincidir com vacina da Covid-19, idosos ficam para segunda etapa da campanha contra gripe

Saúde e estética

Para não coincidir com vacina da Covid-19, idosos ficam para segunda etapa da campanha contra gripe

Campanha inicia na próxima segunda-feira, dia 12 de abril.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (H1N1) inicia na próxima segunda-feira, dia 12 de abril. O Ministério da Saúde não indica a aplicação da vacina da gripe ao mesmo tempo que a da Covid-19. A recomendação é que as pessoas que fazem parte do grupo prioritário tomem primeiro a vacina contra a Covid-19 e depois a vacina contra a gripe após um intervalo mínimo de 14 dias.

Neste ano, a campanha será dividida novamente por grupos prioritários. Devem comparecer às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) crianças entre 6 meses até as que não completaram 6 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres com filhos até 40 dias), povos indígenas e trabalhadores da saúde. Em seguida, será a vez dos idosos e dos professores. Confira abaixo a lista completa de grupos prioritários.

Conforme a técnica de enfermagem do setor de imunização da Prefeitura de Criciúma, Kelly Barp Zanette, a primeira etapa da campanha inicia dia 12 de abril e segue até 10 de maio. "Em 2020 a imunização iniciou pelos idosos, porém este ano o plano mudou em virtude da Covid-19. É necessário um intervalo de 14 dias entre a vacina da influenza e Covid-19", explica. "Quem recebeu a vacina da Covid-19 precisa levar seu cartão de vacinação no posto de saúde", completa. 

Kelly ainda ressalta que o setor de imunização está estudando e montando um planejamento para as aplicações das vacinas. "Não podemos ter aglomerações nas unidades. Estamos estudando e vamos divulgar em breve como será a campanha", afirma. Os dias de mobilização, os dias D, serão definidos por cada município.

Grupos prioritários

Crianças de 6 meses até  (5 anos, 11 meses e 29 dias);

Gestantes Puérperas - mulheres que deram à luz até 40 dias do dia da vacinação;

Trabalhadores da saúde Idosos com 60 anos ou mais;

Professores das escolas públicas e privadas;

Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

Pessoas com deficiência permanente;

Forças de segurança e salvamento;

Forças armadas;

Caminhoneiros;

Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;

Trabalhadores portuários Funcionários do sistema prisional;

Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

População privada de liberdade.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Engeplus

Idosos de 66 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 em Treviso Próximo

Idosos de 66 anos começam a ser vacinados contra a Covid-19 em Treviso

Secretaria da Agricultura monitora impactos da cigarrinha-do-milho nas lavouras de Santa Catarina Anterior

Secretaria da Agricultura monitora impactos da cigarrinha-do-milho nas lavouras de Santa Catarina

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.