• Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021
  1. Home
  2. Imprensa livre
  3. Fim da novela BR Shopp

Imprensa livre

Fim da novela BR Shopp

“Cartão postal ao avesso”, que há anos causa transtornos aos vizinhos, gera insegurança a população e prejudica o visual no acesso para Araranguá, o antigo prédio do BR Shopp (fotos), situado nas imediações da ponte no antigo traçado da BR-101, parece que enfim será solucionado. Uma parceria entre Prefeitura e Paróquia Sagrada Família vai possibilitar a recuperação do espaço físico e posterior implantação de um projeto de inclusão social.

A articulação, que aproximou o prefeito Cesar Cesa (MDB) e o pároco Daniel Zilli Darolt. teve como um de seus principais arquitetos, o ex-presidente da Câmara de Araranguá, Marco Antônio Mota, Motinha.

A novidade foi confirmada pelo padre e pároco, Daniel Zilli Darolt, que utilizou suas redes sociais para fazer o anúncio” “Para Deus, tem sempre caminhos insondáveis e surpresas. Este lugar (referindo-se ao prédio do antigo BR Shopp), será um presente que nós humanos, daremos aos próprios humanos mais vulneráveis. Aqui, Deus permitirá que será uma casa dos pobres para os pobres! Vamos nos empenhar para transformar esse lugar num lugar de acolhimento aos mais necessitados”, comentou.

O casos no antigo prédio e em seu entorno é tão grande, que em junho de 2020, o Ministério Público chegou a ajuizar ação contra o Município por omissão, pedindo a interdição da estrutura física. O espaço serve como ponto para descarte de lixo, consumo de entorpecentes e prática de prostituição.

Diretora de Cultura

O anúncio de que Micheline Vargas de Matos Rocha continua sendo diretora do Departamento Municipal de Cultura provou debates entre alguns aliados do Governo de Araranguá, que almejam ocupar mais espaços junto a atual Administração Municipal.

Essa decisão, no entanto, tem as digitais do próprio prefeito Cesar Cesa (MDB), que privilegiou a experiência, conhecimento e bom desempenho de Micheline à frente da pasta. Ela é graduada em Bacharelado e Licenciatura em História pela Universidade do Sul de Santa Catarina - UNISUL. Possui experiência nas áreas de Cultura e Artes, com ênfase em Memória, Patrimônio Histórico, Etnicidade e curadoria em exposições temáticas.

Ex-petista, à diretora de Cultura dirigiu o departamento durante o governo 2017-2020, liderado por Mariano Mazzuco Neto (PP).

Bairro Barranca

Inaugurada em 1974, porém interditada desde 2017, a ponte pênsil que interliga o Centro de Araranguá com o tradicionalíssimo Bairro Barranca, pode ser reformada e revitalizada por meio de Parceria Público Privada (PPP).

Até 2012, quando foi inaugurada, a ponte de concreto Giácomo Mazzuco, à ponte pênsil para pedestres e ciclistas constituía-se no acesso mais rápido entre a referida comunidade e o Centro da cidade.

O local faz parte da história do município e a “velha” e aconchegante ponte é - ou deveria ser - uma das atrações turísticas de Araranguá. A prefeitura, que procura interessados em apoiar esta obra, planeja implantar ampla iluminação no local, novos cabos de aço que garantirão segurança e estabilidade, nova cerca de arame, bem como trocar boa parte da estrutura de madeira.

A ideia é interessante e poderia ser ampliada, incluindo um projeto de reurbanização do Bairro Barranca. Essa ação contribuiria para resgatar capítulos importantes da comunidade, que já foi o principal centro comercial de Araranguá, pois entre 1923 e 1970 abrigou uma estação da Ferrovia Tereza Cristina.

 

 

Fotos: Daniel Zili Darol - Facebook.

Pessoas em situação de rua são abordadas em ação realizada pela prefeitura com o apoio da PM e Conselho Tutelar Próximo

Pessoas em situação de rua são abordadas em ação realizada pela prefeitura com o apoio da PM e Conselho Tutelar

Imunidade para quem pegou covid-19 pode durar até 8 meses Anterior

Imunidade para quem pegou covid-19 pode durar até 8 meses

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.