• Sábado, 04 de Dezembro de 2021
  1. Home
  2. Geral
  3. Organizada pela 1ª Vara Criminal de Araranguá, live debaterá violência doméstica

Geral

Organizada pela 1ª Vara Criminal de Araranguá, live debaterá violência doméstica

Acontece nesta quinta-feira (25/11), a partir das 19h30, durante a 19ª Semana Justiça Pela Paz em Casa, a transmissão de uma live com o tema “Violência Doméstica e a Lei Maria da Penha”, no canal do Youtube da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul). Organizada pela 1ª Vara Criminal da comarca de Araranguá, em parceria com a Unisul, a live abordará temas relevantes sobre a violência doméstica e familiar como histórico da violência de gênero, o primeiro contato da mulher vítima de violência na delegacia de polícia, além de questões relativas às medidas protetivas de urgência e ao projeto “OAB Por Elas”.

A moderadora da temática será a juíza Thania Mara Luz, titular da 1ª Vara Criminal da comarca de Araranguá, a qual debaterá o tema com a policial civil membro da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), Márcia Cristiane Nunes Scardueli, com a advogada membro do Projeto OAB Por Elas, Ligia Luchtemberg Mota Tobias, com o advogado e professor da Unisul, Renan Cioff de Sant’Ana e com o promotor de justiça titular da 4ª Promotoria de Justiça da comarca de Araranguá, Gabriel Ricardo Zanon Meyer.

Ao final da palestra, será oportunizada a elaboração de perguntas aos palestrantes pelos ouvintes, por meio do bate-papo do canal de transmissão. Aos alunos de Direito participantes do evento, serão emitidos certificados de horas, para os devidos fins, os quais serão disponibilizados, mediante requerimento, após a realização da live.

Para acompanhar o evento virtual, basta acessar o link.

Fonte: Assessoria de Comunicação - PJSC 

Ganhador da Mega-Sena tem prisão decretada por não pagar pensão Próximo

Ganhador da Mega-Sena tem prisão decretada por não pagar pensão

Projeto obriga escolas a notificar ocorrência de gravidez em alunas Anterior

Projeto obriga escolas a notificar ocorrência de gravidez em alunas

Inscreva-se em nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades.